Você não é o que você veste

robin

“Azul é para meninos e rosa é para meninas”. Ok, desde pequeno você cresceu ouvindo isto. E agora que você está crescido, quando o drama das cores passou, começa o drama das peças. Se eu usar isso vai parecer que eu sou gay?”

Perdi as contas de quantas vezes já me perguntaram ou escreveram sobre isso. E, pior, quando você ouve comentários sobre o seu próprio namorado:Cuidado, se você der esta roupa para ele, vai que ele começa a gostar de outras coisas hein. O quê? E aquele silêncio que é peculiar em seguida.

Podemos parar de uma vez por todas com essa classificação estúpida, geralmente incentivada por familiares e amigos sem o menor senso fashion. Gente, é preciso ignorar e até rir destas pessoas. Sempre me pergunto, como uma pessoa sem referências e conhecimento pode querer falar algo de outra? Achar que tem o knowhow para fazer algum deboche… fico realmente indignada.

Não existe roupa “de gay”. E vem cá, se você realmente está com medo de que as pessoas achem isso, será que você está preocupado demais se não tem motivo? E digo mais: se falarem que você está com roupa “de gay” (como eu odeio essa expressão!) sinta-se elogiado. Os homossexuais são geralmente os mas bem vestidos ever.  E o sonho de toda mulher é ter um namorado que fosse tudo que um gay costuma ser, exceto por preferir homens.

Portanto use e abuse de decotes, calça skinny, roupa clara, barra dobrada, terno slim, texturas, estampas, sapatos diferentes, acessórios e cabelos ousados. Você não vai ser nem um pouco mais macho se sair com a calça caindo no meio da bunda e um tênis imundo.

E de uma vez por todas, avise sua família, namorada e amiguinhos para estudar um pouquinho mais antes de fazer piada. Afinal, as pessoas é quem precisam rever seus conceitos e não você as suas roupas.

Post criado 177

17 comentários em “Você não é o que você veste

  1. muito bom, acho q as maes deveriam ouvir isso, ainda mais as que tem filhos bem novos pois é quando mais tem influencia sobre o vestir dos filhos e quando essas ideias são implantadas para as crianças

  2. olá, erica. sou leitor do site e discordo de você em alguns pontos. gostaria de levantar o debate de forma educada. seria possível?

    “Os homossexuais são geralmente os mas bem vestidos ever.”

    discordo. há muitos homossexuais mal vestidos, assim existem muitos heterossexuais bem vestidos sem que para isso precisem apelar para roupas e acessórios que lembrem o vestuário feminino ou o vestuário homossexual (como você diz no texto: “roupas ‘de gay'”). isso é estereótipo e preconceito às avessas, não?

    “o sonho de toda mulher é ter um namorado que fosse tudo que um gay costuma ser, exceto por preferir homens.”

    aqui há uma generalização grosseira. são muitas as mulheres que discordam dessa afirmação. mulheres que prefere homens “com pegada” ao invés de homens sensíveis e/ou afetados. estou errado?

    “Você não vai ser nem um pouco mais macho se sair com a calça caindo no meio da bunda e um tênis imundo.”

    não são todos os homens que pensam que “roupa de macho” é sinônimo de calças largas e tênis sujos. isso não significa, porém, que devemos usar as roupas das nossas namoradas para nos sentirmos mais “fashion”, significa?

    não existe meio termo para você? não é possível ser um homem elegante ser usar roupas e acessórios femininos?

    obrigado pela atenção. espero sua resposta e espero não ter sido mal-educado com você em nenhum momento.

  3. Não concordo, acho que nossa personalidade é exposta pro mundo através do que vestimos. Moda vai além de necessidade, mas queremos passar alguma informação ao mundo com tudo que compõe o nosso estilo de vida, nem que essa mensagem seja “Eu não to nem ai pro que você acha da minha roupa”.

    Não devemos rotular o que cada peça tem como referência, mas devemos quebrar paradigmas no universo masculino da moda.

  4. O assunto é bom, mas o post foi escrito de uma maneira desnecessariamente arrogante e agressiva. Até um pouco parcial.

    Como se o jeito de se vestir “na moda” fosse o mais certo.

    Entendo o preconceito que existe sobre os fashionistas, mas assim como há o preconceito com homosexuais ou negros, isso não os torna melhores por isso.

    E outra, se o cara quer se vestir de calça folgada caindo e tênis imundo e está se sentindo BEM com isso, qual o problema?

    Você defendeu seu ponto de vista apenas, esqueceu que tem o outro.

    Como fashionista quis pagar de defender as pessoas se vestirem como se sentem bem, mas ignorou quem se sente bem vestindo o que VOCÊ não acha bonito.

    Que repense a forma de escrever para os próximos posts.

  5. Não há nada de mais em se vestir como gay, como vc diz, afinal, não há nada de mais ser gay, certo??

    Saindo do mundo da fantasia, se vc seguir o pé da letra isso que está escrito, vc vai ser tachado de gay, o que não é legal se vc quiser pegar mulher!! Não esquente com o que os outros pense… Viva num mundo isolado no meio da floresta e não terá problemas, mas se vc quiser arrumar uma namorada,, deixe isso de lado e seja você mesmo, mas preocupe-se com o meio em que vc vive!!

    Mulher não gosta do estilo “gay que gosta de mulher”, pode reparar que os afeminados e bonzinhos são os que menos pegam mulher.. os machões, talvez até machistas e galinhas!! São os maiores garanhões, pq mulher gosta de auto-confiança, gosta do macho dominador,, com excessões, é claro.. isso é naturalmente instintivo..

    Se você é HOMEM que gosta de mulher, cuidado em se sentir da moda.. e cuidado com o que vão pensar de você, afinal.. as mulheres adoram um amigo gay, mas vivem repetindo: “eu só gosto de homem que não presta”.. néééééé?

  6. eu concordo com voce eu sou heterosexual,e me visto bem e varias pessoas fazem piadas e tal

    Alam,o post era para falar sobre as pessoas usarem roupas um pouco ”diferente” e ja ser rotulado com homosexual.
    ele nao disse que voce tem que andar na moda,e sim RESPEITAR as roupas dos outros.
    nao tem nenhum problema ele usar calça caindo e tenis sujo,o problema é fazer piadas sobre as roupas dos outros e muitas vezes quem faz a piada esta com vontade de usar essa roupa so nao tem coragem.

    ALAM,Que repense a forma de LER os próximos posts.

  7. concordo com o murilo! mas ainda sim nao concordo com o TITULO do post… eu sou sim o que eu visto.. eh minha forma de expressao (assim como varias pessoas ja falaram) o problema é a sociedade que impoe esteriotipos errados e coloca titulos julgando todo mundo!

  8. Não somos o que vestimos, mas somos julgados sim pela aparência. Concordo com parte do texto, só discordo quando diz que gay é bem vestido.
    Bom gosto e criatividade não são definidos pela sua sexualidade.

  9. Boa pauta, concordo com isso! E outra coisa, é obvio q nossa personalidade é expressa pelas nossas roupas, ainda mais por quem tem certo conhecimento de moda e coisas do genero! Mas acho q o ele quiz dizer foi que msm com a roupa sendo o epelho da nossa personalidade para o resto do mundo, há certos julgamentos q são descabidos apenas por causa de uma determinada peça ou acessório!!!

  10. cheguei aqui pelo blog do humberto. bela postagem. realmente julgar alguém pela roupa ou por qualquer aspecto visual é uma tremenda burrice.

    falei outro dia no meu blog algo parecido, quando citei o projeto “pessoas nuas”. dá uma olhada.

  11. “Gente, é preciso ignorar e até rir destas pessoas. Sempre me pergunto, como uma pessoa sem referências e conhecimento pode querer falar algo de outra? Achar que tem o knowhow para fazer algum deboche… fico realmente indignada.” Então, Erika, se tiver knowhow pode fazer deboche??? cada uma..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
A importância do Setembro Amarelo O Pop-Punk está voltando à moda! PEÇAS QUE AS MULHERES ODEIAM NOS HOMENS Old Money: A estética ‘Rico Vintage’ Truques de estilo para homens gordinhos