Manchas na Pele: Tipos, causas, prevenção e tratamento

Num país quente como o Brasil, estamos predestinados a manchar nosso currículo. Altas temperaturas, um sol para cada um e muito calor não são par perfeito para pele bonita. Porém, um dos lugares onde não queremos manchas é na nossa pele.

Embora comumente associemos manchas na pele apenas ao sol e ao calor, elas podem ter vários fatores e, ao contrário, do que muitos acham, não existe só Melasma dando pinta por aí. Hoje vamos entender um pouco sobre o assunto:

Não faça tipo, mas entenda os tipos de manchas na pele:

Sardas (efélides): são hereditárias e mais comuns em pessoas loiras ou ruivas.

Manchas de idade (melanose solar): Resultam da exposição ao sol ao longo do tempo em pessoas com mais de 40 anos e são mais comuns em pessoas de pele clara

Melasma: Manchas escuras e simétricas, mais comuns nas mulheres, mas que podem ocorrer também nos homens, de origem multifatorial e que pode ser relacionada aos hormônios da gravidez, exposição solar, uso de anticoncepcional oral, exposição a fontes de calor – como secador de cabelo, sauna, fornos quentes e ferro de passar.

Hiperpigmentação pós-inflamatória (manchas de acne): Pode surgir após lesões cutâneas como acne, queimaduras ou picadas de insetos, especialmente em pessoas de pele mais escura.

Principais causas do aparecimento de manchas na pele

Exposição ao sol: O sol é o grande inimigo da pele. Exposição ao sol é, sem dúvidas, uma das

Lesões cutâneas: Como acne ou queimaduras, que podem levar à hiperpigmentação pós-inflamatória.

Genética: Alguns tipos de manchas na pele podem ter predisposição genética, como as sardas.

Como prevenir quaisquer tipos de manchas

Na maioria das vezes as manchas estão relacionadas à exposição solar. Logo, o uso de protetor solar é uma das melhores formas de se as evitar. Procurar sempre os maiores FPS e reaplica-lo ao longo dia. Além disso, protetores solares com cor protegem mais a pele da formação de manchas que os incolores.

Evitar exposição solar prolongada, usando roupas de proteção, boné e chapéus.

No caso, de melasmas evitar entrar no carro quando exposto ao sol sem antes abrir os vidros (porque aquele calor mancha a pele), ferro de passar, secador, chapinha são outras fontes de calor que tendem a causar Melasma.

Tratamentos

O primeiro passo é procurar um dermatologista. Ele criará um tratamento individualizado para você, uma vez que, cada tipo de mancha requer um tipo específico de tratamento.

Porém, iremos listar os principais tratamentos:

No caso, do Melasma convém associar o protetor solar com ativos manipulados também chamados de protetores solares orais.

Cremes clareadores: Produtos contendo ingredientes como hidroquinona, ácido kójico, ácido glicólico ou retinoides podem ajudar a clarear manchas na pele.

Procedimentos dermatológicos: Peelings químicos, microdermoabrasão, terapia a laser e tratamentos com luz pulsada intensa (IPL) podem ser eficazes para tratar manchas na pele, especialmente as mais persistentes.

Lembremos que é importante consultar o dermatologista para ele identificar o tipo de mancha bem como o tratamento ideal.

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 821

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
7 Melhores Perfumes Árabes Masculinos 10 sobrenomes que indicam que seus ancestrais eram Egípcios CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados