Câncer de Pele: O que é, Quais as Causas e Como Prevenir

Câncer de Pele: O que é, Quais as Causas e Como Prevenir

Nem chegou o verão muito menos o mês de prevenção ao câncer de pele. É outubro e não dezembro laranja. Mas os raios ultravioletas estão cada vez piores. E nem é isso, a gente está exposto a luz e ao sol o tempo todo, o dia todo e o ano todo. Prevenção ao câncer de pele é sempre. No inverno ou no verão. Onde quer que esteja. Mas o câncer de pele é algo que preocupa ainda mais quando vai esquentando. Protetor solar deveria ser igual usar sabonete, mas nem todo mundo tem essa consciência e, por isso, a gente tá aqui para explicar isso, né.

À medida que o calor aumenta as pessoas resolvem praticar exercícios ao ar livre (tá na moda tudo quando é esporte na areia), ir à piscina, à praia, fazer trilha e caminhada. Não à toa, geral da galere ama o calor, o sol e o verão. E é aí que mora o perigo. Onde há muito calor, sol, mar e piscina, há câncer de e pele. Por isso, resolvemos abordar um pouco mais desse assunto.

Com a ajuda da Drª. Mariana vamos longe, é claro, e também vamos explicar um pouquinho o que é o câncer de pele, os tipos, as causas e como preveni-lo.

Câncer de pele, o que é?

Para que você entenda o que é o câncer de pele, vamos explicar de uma forma bem simples, coloquial e genérica. O câncer de pele é o crescimento anormal e descontrolado das células da pele (as chamadas mitoses, para quem se lembra das aulas de Biologia).

Segundo a dermatologista o tumor é mais comum em pessoas acima dos 40 anos, mas dependendo da quantidade de melanina na pele X exposição a fatores externos causadores do câncer, como o sol, pode ocorrer em crianças, adolescentes e jovens. Por isso, TODOS DEVEM DE SE CUIDAR.

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), são registrados 175 mil casos novos todos os anos no Brasil, sendo que de 4 casos, 1 teria como origem a pele ou mucosas. É raro acontecerem mortes por esse tipo de câncer, mas se estima que morram 2000 pessoas de câncer de pele por ano no Brasil.

A Drª nos explicou que a maioria dos casos que são identificados rapidamente têm cura, por isso ao tomarem conhecimento de quaisquer sinais diferentes na pele, procurem um dermatologista.

O câncer de pele se subdivide em 2 grupos: melanomas e carcinomas (não-melanomas).

Câncer de pele carcinoma (Não-melanoma):

É o tipo de câncer de pele mais comum e corresponde a 30% dos tumores malignos de todo o Brasil.

Possui como sintomas o aparecimento de manchas na pele, que coçam, ardem, descamam ou sangram e feridas que não cicatrizam em até quatro semanas, que aparecem nas áreas mais expostas ao sol.

O tratamento consiste em remoção do tumor por meio de cirurgia bem como quimioterapia e radioterapia em casos mais avançados.

Câncer de pele melanoma.

O câncer do tipo melanoma é mais raro, agressivo e tem origem nas células que produzem melanina e como quadro clínico o paciente possui manchas escuras e disformes na pele.

O tratamento é o mesmo do não-melanoma com cirurgia, quimioterapia e também radioterapia.

Quais as causas do câncer de pele.

As causas do câncer de pele são várias, segundo da Drª. Mariana, como genéticos, exposição prolongada e contínua ao sol (raios ultravioletas) bem como a câmaras de bronzeamento artificial.

Como prevenir o câncer de pele.

Todo mundo sabe que o principal causador do câncer de pele são os raios solares, por isso é bom evita-los ou se proteger deles, da seguinte forma:

• Aplicar protetor solar diariamente, com reaplicação pelo menos de 3 em 3 horas ou pelo menos na hora do almoço. Principalmente se você se expõe muito ao sol.

• Evite a exposição ao sol, entre 10 horas da manhã e 16 horas da tarde.

• Aplicar protetor solar no corpo todo, principalmente nos lábios, orelhas e pálpebras, que são esquecidos.

• Dar preferência a lugares com sombras, onde você fica protegido dos raios UV.

• Usar acessórios que protejam do sol, como óculos, bonés e chapéus.

E aí, prontos para sair fora de casa com consciência? Vejam que não é nem encarar o verão, é sair na porta de casa, pois o sol está realmente muito forte.

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 558

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
Formatura: Que roupa usar? Como escolher um perfume importado Tendência: Camisas masculinas para 2022 O ANTES e DEPOIS de celebridades Mulheres julgam homens pelos calçados