Bond, James Bond.

O cavaleiro com estilo que tem “licença para matar” e também para ditar tendências, completa 50 anos como um ícone a ser seguido, graças a seus impecáveis trajes sociais e sua estética “casual”.

Meio século se passou e os estilos do agente 007, protagonista dos filmes de Ian Fleming, seguem despertando tanto interesse que seus trajes, relógios, sapatos e óculos de sol, além de servir de inspiração, marcam a elegância masculina.

É difícil analisar seu porte sem analisar seu uniforme básico: um impecável terno escuro (preto ou azul marinho) feito sob medida. Traje que quase sempre é acompanhado por uma camisa branca e uma gravata preta, embora, de vez em quando, o agente deixa de lado o visual mais sério e investe em uma calça escura com uma camisa azul.

Por seu trabalho, Bond frequenta cassinos e, como não poderia ser de outra maneira, aparece muitas vezes vestindo smokings, que variam entre o branco e o preto.

Apesar de completar meio século, o espião mais famoso do mundo continua preferindo o preto, tom usado para combinar jeans com golas de lã de “cashmere”.

O preto convive com uma grande cartela de cores, que vão desde o rosa até o celeste, passando pelo amarelo. Essa variedade costuma aparecer em camisas ou camisetas polos, roupas que o agente usa quando não está em missão.

Nos dias de folga, o agente britânico também aposta em camisas informais de linho, tênis esportivos, calças jeans, jaquetas de lã e couro, sempre acompanhados de lenços de seda coloridos.

Mas falar do estilo do mítico agente, sem falar de seus impecáveis sapatos, sempre fabricados nas cobiçadas lojas Churchs e John Lobb, seria um erro.

Para reafirmar seu ar misterioso, James Bond recorre a grandes óculos escuros que, junto aos chapéus e relógios, transformam seu visual completamente.

Este sedutor agente de impecáveis gestos, que não hesita em exibir seu abdômen no cinema, está sempre acompanhado de belas e elegantes mulheres, que rapidamente são batizadas de “meninas Bond”.

Com os anos, James Bond foi aumentando sua lista de mulheres. A primeira foi Ursula Andress. Depois, chegaram Diana Rigg, Jane Seymour, Britt Ekland, Barbara Bach, Carole Bouquet, Sophie Marceau, Halle Berry e Eva Green.

Para acompanhar o famoso agente, essas mulheres também têm que cuidar milimetricamente de seus visuais. Basta lembrar o famoso biquíni que Ursula Andress usou em “O Satânico Dr.No”, o primeiro dos filmes de Bond, modelo que também foi usado por Halle Berry.

Também não se pode esquecer do microvestido de neoprene laranja usado por Claudine Auger em “Operação Relâmpago”, assim como o biquíni branco, estilo “pin up”, que uma das “meninas Bond” usou em uma paradisíaca praia ao lado de Sean Connery.

Para a noite, as amantes e amigas do agente mais famoso do mundo usam vestidos sofisticados, com decotes pronunciados e vertiginosas fendas.

Apesar de vários atores terem interpretado James Bond, todos eles foram sinônimos de elegância. Basta lembrar do porte de Sean Connery, Goerge Lazenby, Roger Morre, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig.

Que esse ícone viva por mais 50 anos de muita ação e estilo. ;)






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.