Na década de 90 a moda avançou como nunca: a cada temporada era uma ditadura diferente. As tendências eram impostas aos consumidores e não se tinha para onde correr. Ficou impossível ter um closet novo a cada estação. Foi por esse motivo que os jovens da época, que não conseguiram acompanhar esse movimento na moda por não terem grana o sufisciente e ainda depender dos pais, começaram a customizar suas peças de roupas velhas tranformando-as em peças novas, ou com pelo menos um aspecto novo. E houve criatividade: eram rasgos, tingimentos, recortes, aplicações…

Hoje, a customização permanece “na moda”, mas ao contrário de antes, é usada para deixar o look mais com sua personalidade do que qualquer outro propósito. Nada como você sair de casa com uma peça modificada por você mesmo!

E, sem dúvidas, o material que mais se adapta a todas as mudanças (seja ele beneficiamento, tingimento ou aplicações) é o  jeans, como já falamos aqui.

Então solte sua criatividade para deixar a calça jeans à sua maneira!

Abaixo, inspire-se nos rasgos e nas diversas caras que você pode dar a eles. Para rasgos com cara de velho, detonado, use sempre uma lixa grossa até polir e o rasgo for espotâneo. Fica com aspecto de usado e, para atualizar o look, o que é muito feito pelos jovens de outros países, é usar esse jeans vazado com outra peça ou outro tecido costurado por baixo: pode ser em uma cor diferente ou alguma estampa bacana. Fica com cara de “fundo falso”.

Para dar um aspecto de novo, tinja-o com água sanitária. Para um efeito manchado, salpique jogando apenas algumas gotas com os dedos na área desejada. Também vale tinta de tecido. Se quiser clarear tudo, ou apenas uma parte, mergulhe a peça até que cubra por completo a parte que deseja tingir. Para efeitos de desenho psicodélico, inspire-se nos hippies: faça pequenas amarrações em algumas partes da peça para que, ao secar, a parte que foi amarrada continue com o mesmo tom original. O efeito cai muito bem em jeans escuros, como abaixo.

Essa são apenas algumas formas de customizar o seu jeans velho dando um aspecto novo a ele! Faça sempre um teste primeiro, para não correr o risco de perder a peça. E, claro, solte a imaginação!






Escrito por Dhyogo Oliveira
Blogueiro e designer de moda. Também escreve no Sem Geração.