Não faz muitos anos que eu escrevia uma coluna sobre relacionamentos, num portal voltado à jovens. Passado os anos, nunca deixei de discutir e dialogar sobre este tema. E, depois do Moda Para Homens, virou frequente alguns amigos, conhecidos e até leitores me enviarem e-mails pedindo opiniões e tirando dúvidas desde romances, ficadas, one night stand e até coisa séria.

Sendo assim, por livre e espontânea pressão, cá estou inaugurando a minha nova coluna. A partir de agora, falarei novamente sobre relacionamento aqui no Moda Para Homens. Afinal, vestir-se bem é legal, mas como diria Marilyn Monroe: “Você pode ter uma carreira de sucesso, mas não vai te aquecer no fim da noite”. Ou seja, você pode ser um cara descoladão e alinhado com a moda, mas, vamos combinar, no fundo tem sempre o sorriso e a aprovação de uma pessoa que a gente quer ver mais do que qualquer outra no mundo, quando põe aquele look.

E já que estamos falando de escrever, e não quero terminar essa coluna apenas com apresentações, vamos a primeira dica que para mim separa o joio do trigo em muitos casos, quando você tá conhecendo alguém.

A maldita gramática

Cara, sei que a gramática mudou, as regras de acentuação e hífen ficaram todas loucas. Mas, tem coisas que são básicas, e você deveria saber desde que você tem pelo menos uns 7 anos. Por exemplo:

1. O Ce e o Ci NÃO TEM Ç

Se você está xavecando alguém via sms, e-mail ou msn, e escreve: “Pareçe que tudo fica bom quando eu tô com você”. Eu te juro que a pessoa vai ler: “Eu sou super ignorante e quero impressionar”. Faaaaaaaaaail.

2. CONCORDÂNCIA VERBAL

Outro dia conheci um cara lindíssimo na balada. Acabou que eu dei o meu telefone pra ele. Aí, eu recebi o seguinte SMS no outro dia:

“E ai , quando vamo si ve”.

Gato, “si ve”, nós não iremos nunca. E depois dessa, nos ver… não sei mais.

3. PLURAL, POR FAVOR

Não me conte que “Fomo não sei aonde e eles tava lá”. Senão, “A gente vamos” para lugar nenhum!

4. GUARDE A SUA INFÂNCIA NO SÍTIO PARA VOCÊ

Ou “Nóis” nunca seremos um par.

5. PORRA, NÃO SOU SEU BROTHER!

Cola aí em casa não é coisa que se fala pra uma mulher. E falar que eu sou tua mina, só era legal naquela música dos Mamonas que até já morreram.

6. SS, CH E PALAVRÕES

Não quero que você me PESSA em namoro JAMAIS se você continuar escrevendo desse jeito.

Mas quero que você fale FODA-SE e MERDA! de vez em quando – entre outros palavrões. Gente que não fala palavrão é super boooooring.

7. MIGUXO FEELINGS

Axim ó, num axu uma graxinha genti ki ixcrevi axim qui tá cum saudadix da minha bebezim. No máximo vou te achar tonto.

8. Yes, the book is on the table!

I’m soooo loving it if you add English expressions in your quotes! Mas cuidado. Segura depois se a gente te mandar outra coisa, YOU MUST UNDERSTAND IT.

9. Referências

Vou me impressionar para sempre se você falar frases famosas, de filmes, seriados ou poemas no meio de suas conversas. Só não fica explicando de onde é. E não fale nada de um filme iraquiano cult  esperando que a gente reconheça. Tenha bom senso.

10. Menos é mais

Evite o português arcaico, ou falar como se estivesse redigindo sua monografia. Meio termo, “falô?” (Tá vendo, gíria cabe as vezes. É só saber usar).

Muito importante: esqueça aquela ideia de que com cada pessoa você tem seu jeito de agir e falar. Porque, a não ser que você seja um ator, você vai acabar soltando uma gíria ou muuuuito palavrão no trabalho, escrever errado quando for fazer algo importante e isso não é nada bom!

Dúvidas, sugestões ou pedidos de ajuda desesperado pra recuperar o seu amor, give it a shot !   Fiquem super a vontade para me mandar um e-mail. Garanto o anonimato! [email protected]

Bjbj,

@ericahans

*Érica Hans tem 24 anos, é editora do Moda Para Homens e está solteira. Vai vendo…






Escrito por Erica Hans