Quem nunca fez peeling, quando ouve alguém falando que vai fazer, logo imagina que a pele vai descascar toda e que vai ter que ficar sem sair de casa por uma semana.

Não é bem assim! Existem alguns tipos de peeling.

Por isso decidi colocar as diferenças deles aqui.

Peeling de Diamante e Cristal

Intensidade: Eles são com considerados de intensidade superficial, ou seja, apenas lixa a superfície da pele e removem as células mortas.

Indicado: Para as pessoas que estão em tratamento de acne, manchas de espinhas e os que procuram obter mais brilho na pele, os peeling de diamante e cristal são os mais indicados.

Restrição: Não tem contra indicação

Prós: O tratamento é indolor e mais suave comparada com outros peelings.

Contra: Por ser um tratamento progressivo, na região que foi utilizada o peeling pode apresentar vermelhidão e/ou eritemas. Com uma recuperação que pode durar de 3 a 7 dias, é proibida a exposição solar , pois as novas células estarão se formando e o risco de mancha é maior. Além disso, deve-se usar o filtro solar em toda pele.

Preço: Cada sessão pode custar em torno de R$ 60,00 a R$ 150,00 reais.

Peeling a base de ácidos

Intensidade: Os peeling feitos a partir de algum ácido, como retinóico, fenol e glicólico possuem intensidade média a profunda, dependendo do problema da pessoa.

Indicado: Ele é indicado para as peles com rugas, cicatrizes de acne, manchas e sulcos.

Restrição: Por utilizar ácidos como base, esse tipo peeling não é indicado para grávidas, mulheres na fase de amamentação e adolescentes sem acompanhamento de um dermatologista, pois são produtos que podem prejudicar o organismo.

Prós: Essa esfoliação estimula o crescimento de novas células, o que oferece uma pele com uma coloração mais uniforme e textura mais lisa. Além disso, elimina manchas irregulares, sardas e atenua cicatrizes da acne.

Contra: Como o peeling com ácido é mais forte a pele, pode apresentar a aparência de uma queimadura solar e ainda pela pele ficar sensível à luz por algumas semanas. sendo assim, é proibida exposição solar da derme e o uso de filtro solar é fundamental durante o procedimento.

Preço: Esse procedimento custa em torno de R$ 150,00 a R$ 250,00 reais a sessão.

Peeling a laser

Intensidade: O peeling a laser tem sua intensidade igualada aos procedimentos que levam os ácidos , ou seja, médio a profundo.

Indicado: Peles que possuem rugas, manchas profundas e marcas devido a acne.

Restrição: As pessoas que possuem pele morena ou negra devem tomar cuidado, pois pode haver alteração da pigmentação na região, ou seja, fazer um teste prévio é o mais indicado. Além disso, pessoas com lesões na região e que já contrariam herpes são contra-indicados.

Prós: Renova as células da pele mais rápidas, estimula a produção de colágeno e os resultados são mais seguros, pois o laser permite ter uma profudindade pré-determinada no procedimento e mantido no aparelho.

Contra: O peeling a laser deixe a pele avermelhada nos primeiros dias, após isso surge crostas marrons na região que duram até no sexto dia. É importantíssimo o uso do filtro solar, hidratantes e possíveis corticóides prescrito pelo dermatologista.

Preço: Cada sessão pode sair de R$ 250,00 á R$ 400,00 reais.

Independente do peeling que você fizer, se for mais fraco ou mais profundo, evite exposição ao sol e passe sempre protetor solar de no mínimo fator 30. A pele fica muito sensível após o tratamento fica bem mais fácil de ganhar queimaduras e manchar a pele se não cuidar.






Escrito por Andressa Roeder