Crioterapia: O que é? Indicações e contraindicações

A crioterapia é uma técnica que se refere ao uso terapêutico do frio para tratamento de diversas condições médicas e estéticas. Esse processo pode ser aplicado de várias formas, mas a mais comum envolve o uso de nitrogênio líquido ou gelo seco para resfriar a pele ou determinadas áreas do corpo. Ela é utilizada em diversas áreas, entre elas, medicina, fisioterapia, estética e esportes.

Benefícios da crioterapia

Redução de Inflamação: O frio pode ajudar a diminuir a inflamação e o inchaço em áreas lesadas do corpo.

Alívio da Dor: O resfriamento pode ajudar a reduzir a sensação de dor, agindo como um analgésico temporário.

Recuperação Muscular: Atletas frequentemente utilizam a crioterapia para acelerar a recuperação muscular após exercícios intensos.

Tratamento de Lesões: Pode ser usado para tratar lesões como entorses, contusões e pequenas queimaduras.

Estética: Em tratamentos estéticos, a crioterapia é aplicada para promover a firmeza da pele e reduzir a aparência de celulite.

Criosauna: Uma forma moderna de crioterapia envolve a imersão do corpo inteiro em uma câmara fria por um curto período, conhecida como criosauna.

Essa técnica milenar pode ser administrada de diversas formas:

Crioterapia Localizada: Em que há a aplicação de frio em uma área específica do corpo, como acontece quando fazemos compressas frias para lesões musculares, entorses, inflamações e para redução da dor localizada.

Crioterapia estética: a crioterapia pode auxiliar na firmeza da pele, reduzindo celulites> Além de ser também utilizada na perda de peso, podemos nesse caso listar a criolipólise.

Crioterapia de Corpo Inteiro (CCE): O paciente é exposto a temperaturas extremamente baixas, geralmente em uma câmara criogênica, por um curto período de tempo, tipicamente de dois a quatro minutos. As temperaturas podem atingir até -110 °C ou mais. Este tipo de crioterapia é frequentemente utilizado para recuperação muscular, redução de inflamação, alívio da dor e melhora do bem-estar geral.

Desde a Copa do Mundo que o jogador Neymar foi submetido à criosauna, a crioterapia ganhou notoriedade e popularidade. Com luvas e pantufas para não queimar a pele, o jogador era exposto a criosauna.

Após a Copa do Mundo, o equipamento deixou de ser exclusividade atletas e hoje outras pessoas buscam pelo tratamento que: Controla sangramentos, reduz edemas, diminui o processo inflamatório e tem ação analgésica, cuja sessão varia de R$230 e a R$350.

O equipamento promete ir além de atividades físicas, pois promete, ainda, controlar a ansiedade, melhorar a qualidade do sono e ser coadjuvante no tratamento contra a depressão, já que libera serotonina e endorfina. Além da perda de até 800 calorias por sessão, podendo ser auxiliadora no emagrecimento.

No entanto, é importante que a crioterapia seja realizada com cautela e sob a supervisão de profissionais qualificados, uma vez que o frio extremo pode ter riscos e contraindicações em certos casos.

Contraindicações da criosauna:

Pessoas com feridas abertas ou descobertas, com distrofia simpático-reflexa (caracterizada por forte dor em um dos membros) ou alterações na pele causadas pelo frio (como alergia, livedo reticular ou doença vascular periférica), devem evitar se expor a criosauna.

E aí prontos para entrar numa fria?

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 803


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados Dicas de looks masculinos para o Natal PERFUMES MASCULINOS AFRODISÍACOS