Antes de seguir o conselho de um amigo ou o que encontrou na internet sobre como lidar com espinhas, saiba o que nunca fazer com as espinhas, quando elas aparecerem.

Espremer ou furar a espinha com agulha quente

Deixe as cutucadas para as mídias sociais. “Furar a espinha pode deixar cicatrizes e piorar ainda mais a inflamação transformando a infecção em abcesso, que é uma inflamação mais intensa”, explica a dermatologista Magda Expósito.

Pasta de dente, pomada minâncora, hipoglós, pó de café e máscaras de frutas

Além de não resolverem, as receitas caseiras podem entupir ainda mais os poros ou causar reações alérgicas. Roubada.

Urina

Aviso aos navegantes: a ureia presente em cosméticos não é a mesma do xixi, que contém outras substâncias que irritarão ainda mais a pele. O uso de uréia deve ser recomendado por um médico.

Desinfetante ou álcool

Se você não quer desenvolver uma dermatite de contato, promover a descamação da pele, coceira, vermelhidão e ter inchaço, é melhor deixar essas substâncias restritas à área de serviço.

Fonte: Vírgula Lifestyle






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.