Quem assistiu o filme “O Turista” deve lembrar que o personagem de Johnny Depp aparece em sua primeira cena fumando um cigarro eletrônico e mostrando como funciona.

Os cigarros eletrônicos são febre em todo o mundo, porém no Brasil ainda estão reprovados pela Anvisa!

Cigarro eletrônico ou ecigarro é composto por um inalador, um cartucho, um atomizador, ou chip e uma bateria recarregável.

Ele acende a ponta simulando a queima de um cigarro normal e sai fumaça da mesma forma.

Ele vaporiza a nicotina, ou seja, a fumaça é apenas vapor. Ele é mais saudável por só possuir nicotina, e mesmo se transferido para o tabaco ele teria menos subtâncias tóxicas que as 4 mil que possui um cigarro normal.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu formalmente o comércio e importação de qualquer dispositivo eletrônico de fumar no dia 25 de agosto de 2009. O motivo principal é por não saberem o quanto pode prejudicar a saúde.

Eles costumam ser vendidos com os refis com nicotina, e para os que querem parar de fumar são vendidos com menos nicotina e até sem nicotina.

Eles já são muito utilizados em filmes, seriados e até peças teatrais. Os atores não fumantes que pegam personagens que fumam, podem usar o cigarro eletrônico sem nicotina. ;)






Escrito por Andressa Roeder