Imagine um lugar onde você pode misturar moda, estilo e tecnologia. Conseguiu?

Pois bem. Essa é Guinza, a Oscar Freire japonesa. Na verdade, está mais para uma mistura de Avenida Paulista & Oscar Freire. Com uma avenida central super enorme e calçadas espaçosas e uniformes, assim como a Avenida Paulista, dando passagem à lojas maravilhosas, como H&M, Miu Miu, Louis Vuitton, Burberry, Apple, entre outras, não há como resistir. Limites dos cartões de créditos estourados à parte, reservar um dia inteirinho só para Guinza é algo que realmente deve ser feito em uma visita a Tókio.

Como isso tudo poderia ficar melhor? Um lugar que não é apenas maravilhoso pela beleza das lojas, os jogos de luzes dos paredões imensos que cercam o bairro, as pessoas bem vestidas, mas pela segurança que pode ser sentida em todo o Japão (segurança mesmo, acreditem!) e a educação das pessoas, mostrando-se sempre prestativas aos turistas que por ali passam.

Passar o dia em Guinza é coisa de outro mundo e irresistivelmente agradável. Com a febre das cafeterias invadindo o Japão, Guinza não poderia estar fora da moda. Um passeio tranquilo e divertido regado à muito café não poderia ser ruim.

Fica a dica, visitem Guinza! Ela, incrivelmente, consegue abrigar atrativos não apenas  para os apaixonados por moda, mas também para aqueles que buscam visitar pontos turísticos japoneses incomparáveis. Como eu já havia dito em um post anteriormente, o Japão consegue (belíssima e perfeitamente!) misturar o antigo com o moderno. E isso, em Guinza, é percebido facilmente!

Sayonara!






Escrito por Rayanna Utiama
Consultora de estilo e gestão de imagem, formada pela Oficina de Estilo e Berenholc&Dalpra, pós graduada em Consultoria de Imagem e Estilo. Posta diariamente sobre essas e outras paixões no insta @rayannautiama.