Reformulação e descontinuação de perfumes


Tá aí um assunto que pouca gente aborda, mas que muitos já passaram na vida. De repente, você acorda e o clube que você ia fechou, o seu time de futebol desapareceu, a sua casa não existe mais. Analogamente é isso quando você só usa aquele perfume. Sim, ele tinha criado uma conexão contigo. Ele era a sua assinatura. Ou melhor ele te representava por si só.

E todo mundo tá sujeito a passar por isso. Num belo dia, você acorda e a fórmula já não é mais a mesma.

Siga a sua caminhada. Vá em frente com o que tem. Por aqui o pesadelo está pela metade, pois reformulações geralmente nunca são para melhor. O duro é que quando o seu perfume sai de linha. Aí que pesadelo.

O que é isso minha gente? Como assim? Pois é, grandes nomes pararam de existir do dia para a noite.

Reformulações acontecem com frequência.

Nada é estático na vida, muito menos uma fórmula de perfume. Tão comum quanto comer feijão com arroz, todos os dias perfumes têm fórmulas alteradas.

Há dois motivos para isso: ou algum ingrediente se tornou muito caro e inviável pela escassez. Ou por questões alergênicas pode causar problemas à saúde ou ao meio ambiente.

Nessa segunda hipótese quem determina a reformulação é a FRA (Associação Internacional de Fragrâncias) e ela passa a ser obrigatória. Se a FRA faz testes e verifica que uma concentração de extrato ou óleo essencial faz mal, ela determina a troca por sintéticos (mais seguros) ou a diminuição da dosagem.

E isso muitas vezes pode alterar a fragrância original.

Descontinuação: a morte de um perfume.

Nesse caso não tem solução. Num belo dia a marca anuncia que seu perfume deixou de existir. Os fatores que levam à descontinuação são os mesmos da reformulação: ou a matéria- prima se tornou muito cara ou IFRA atua sobre as reformulações.

Vários perfumes deixaram saudades, entre eles Ultra Male, da Jean Paul Galtier, Acqua Di Giò Profumo, Giorgio Armani e One Milliom Privê, da Paco Rabanne.

Não se sabe o porquê esses perfumes foram descontinuados, porém eles fazem falta e deixaram saudades.

Isso nos faz refletir que nada é para sempre na vida, por isso sempre devemos ter uma segunda opção. Testem outras fragrâncias, experimentam e não se prendem a um único perfume.

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 635


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
Como ser mais atraente para as mulheres Como Usar Calça Caqui Masculina Risco na Sobrancelha está em alta Os 6 estilos da moda masculina Descubra os perfumes das celebridades