home-cueca

Nunca sabemos quando, que horas ou que dia vai rolar. Às vezes acontece. Devemos estar preparados para todas as circunstâncias e ocasiões. Não podemos nem queremos fazer feio na hora H.

Cuidados básicos de higiene são essenciais e evitam constrangimentos. Banho, pelos aparados e cuidados íntimos são essenciais. Na rotina diária desodorante, perfume e higiene bucal no mínimo.

Superada a parte da higiene, não pense que só passa vergonha o cara que não levanta o pau, tem ejaculação precoce ou que não dá conta do recado.

São constantes as reclamações de que por baixo dos panos a coisa está bem feia.

Tem muito macho que capricha bastante no visual, no look do dia e anda impecável, mas – como ninguém vai ver mesmo – deixa o underwear de lado.

A cueca não pode ser broxante e infelizmente muitas vezes é. Cueca surrada já não é legal, mas ok. Embora velha, se estiver limpinha e em boas condições dá para levar.

O foda é que tem cara que viaja. Usa umas cuecas que nem precisam ser retiradas porque o elástico está mais largo que… Que a peça cai sozinha no chão. Ou o elástico está bom e a peça está furada, rasgada ou sei lá o que mais fodida.

cueca-velha-algodao-canelada

Não dá, gente. Chega uma certa hora que tem que jogar a peça fora, infelizmente tudo tem prazo de validade.

Tudo bem você tem noção e não usa peças velhas. Então cuidado para não causar impacto, no caso negativo, pelo tipo de peça escolhida. O mercado dispõe de cada tipo de cueca que você olha, para e pensa: “será que alguém usa isso?”. Pois bem se está vendendo é porque tem quem compra. Sempre tem um sem noção.

Cuecas de bichinhos, muito divertidas, com modelos inovadores e inusitados ou em que o pênis é utilizado para compor um objeto como a tromba de um elefante, são motivos de chacota e zoação. Não tem como não rir. Seja um homem ou uma mulher vendo uma cena dessas. A pessoa perde até o tesão.

Por fim, se você não derrapa em nada do que eu falei, atente-se ao seu biótipo físico pelo amor de Deus. Usar M e comprar peças P ou G pode não ser uma boa ideia. Tecido faltando vai apertar demais o que não deve e sobrando vai demonstrar que falta algo. Então não precisa falar mais nada, fica estranho.

Underwear ou cueca, como queiram. Boxer, sunga ou samba canção. Escolha o seu modelo preferido, mas não deixe de renovar seu acervo de tempos em tempos.

Também nada de bancar o palhacinho. Menos é mais. Modelos com cores neutras e sóbrias são perfeitos. Não é a cueca que tem que se destacar, mas sim outra coisa na hora H. Como coadjuvante ela não precisa chamar tanta atenção assim.

Conheça seu biótipo, isso te ajuda a ter bom-senso na hora de escolher a peça.

Cuecas

Oh, papo reto aqui agora, não quero ouvir ninguém falar que tem seguidor nosso fazendo feio por aí. Se fizer feio vai ter puxão de orelha, ok?

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.