LV-IndianaJones

A Louis Vuitton parece seguir o mesmo caminho da Gucci. Virgil Abloh apresentou uma coleção de Pré-Primavera“RESORT”, não muito com cara das estações mais quentes.

Muito pelo contrário, assim como as da Gucci, parecem coleções de época. Coleções históricas. As Fotos, a locação e o casting parecem de livro de história. Paleta de cores essencialmente de inverno com tons terrosos, verde cáqui e azul-petróleo predominando em toda a coleção.

De primavera, apenas folhagens, camuflados e ao monograma da grife. Uma primavera bem discreta diga-se de passagem. Nada de folhagens exuberantes, cores vivas, brilhos ou algo que remeta ao sol. Tudo muito limpo e apagado.

Na estrutura, mix de alfaiataria com sportwear. Moletons e camisetas na parte cima e calças sociais na parte de baixo. Chapéus de indiana Jones (aba macia) e boinas (peça de inverno) como acessórios misturam-se a mini bolsas nas mãos. Nos pés, oxfords e derbys.

Parece mais uma coleção histórica e de época, como tem feito a Gucci. Nada a ver como o que esperávamos de Virgil. Essa coleção vai dar o que falar. E o que você achou disso tudo? Dessa mudança repentina da marca?






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.