homem-aplicando-protetor-solar

Bom diaaa galera, mais um dia super ensolarado nesse país lindo e tropical. Queira você ou não, vamos curtir com muita intensidade o calor, a primavera e o sol que está de lascar.

Alguns itens são essenciais na exposição diária à luz solar, entre eles o protetor solar. Ele dispensa apresentações quanto a sua necessidade, mas você entende os itens que ele contém?

UVA, UVB, FPS… que diabos são tudo isso?

Se você não sabe o que é isso, pode ser que você também não esteja comprando o filtro solar ideal para você.

Mais uma vez estamos aqui apenas para ilustrar conceitos que talvez a maioria não saiba, bora lá então!

Filtros solares antioxidantes

A palavra antioxidante é muito comum em noticiários de TV.

Muitos protetores contém ação antioxidante, ou seja, moléculas que impedem a formação dos radicais livres e, consequentemente, o envelhecimento. Não só alimentos, mas também filtro solares devem possuir ação antioxidante com o intuito de impedir o envelhecimento precoce.

Filtros solares com cor (do tipo base)

O filtro solar que possui cor protege além de um filtro incolor, isto é, ao contrário do que muitos achavam a cor não possui apenas função estética. As partículas utilizadas na formação da cor formam uma barreira a luz, por isso o filtro solar com cor protege mais que um incolor.

Filtros solares físicos

São partículas inorgânicas que impedem que a radiação atravesse nossa pele, refletindo a luz.

Filtros solares químicos

São partículas orgânicas que absorvem o fóton da luz.

Um filtro solar deve ter os dois componentes (físicos e químicos) porque em contato com a água o filtro solar químico não age. Desse modo, no mar, na praia ou na atividade física o protetor solar que não possui agentes físicos não irá funcionar. O filtro solar físico pode ser uma roupa, um guarda-chuva ou micropartículas físicas que impeçam que os raios solares atravessem nossa derme.

Tipos de filtros solares

Gel, creme, bastão, aerossol, loção e spray. Cada tipo é indicado para uma ocasião e para um tipo de pele.

Nós homens geralmente sofremos com pele oleosa, logo devemos usar filtros oil free (livre de óleos).

Filtros solares em géis não são indicados para atividades físicas porque eles se diluem facilmente.

Imunoproteção oral

São pré ou probióticos que auxiliam na defesa e na imunologia da pele. Eles auxiliam os protetores solares, porém não o substituem. Logo, deve ser usado em conjunto com o filtro solar.

Alguns tipos disponíveis no mercado são: Polipodium Leucotomus, Picnogenol, Astaxantina, Luteina, Extrato de White e Green Tea, Resveratrol e ácido elágico da Romã, sempre associando ao uso de silício orgânico Exsynutriment para melhora do aspecto da flacidez.

filtro-solar-comprando

Até ai tudo bem! Você não tinha me dito que iria explicar o que é FPS, UVA, UVB… Etc? Yes baby, é para já.

FPS (Fator Proteção Solar)

Leva em conta apenas o tempo que a pele leva para ficar vermelha, ou seja, apenas raios UVB.

Logo, você não estará totalmente protegido se o protetor solar contém apenas proteção de raios UVB, pois existem outros tipos de raios como UVA, infravermelho e luz visível.

UVB

A radiação ultravioleta B é aquela que deixa a pele vermelha e tem maior incidência entre as 10h – 16h.

UVA

A radiação ultravioleta A é aquela associada ao envelhecimento precoce, manchas e rugas. Ele atravessa nuvens, vidro e epiderme, sendo o principal causador dos radicais livres e também do câncer de pele.

IR – Infrared (infravermelho ou IV)

É sentido no calor e no mormaço atingindo fibras mais profundas da pele.

Luz visível

É a luz que nos acompanha diariamente e que a médio ou, a longo prazo, pode causar danos a pele, tais como manchas. Lembrando que protetores solares UVA e UVB não combatem a luz visível e IR.

Para combatê-los é necessário o uso de ativos tirados de plantas que tem ação anti-inflamatória ou a utilização de bloqueadores como o dióxido de titânio.

Espero que tenhamos ajudado vocês a entender um pouquinho sobre protetores solares e também a escolher o protetor solar ideal para você.

protetor-solar-rosto

Lembrando que o ideal é a consulta com um dermatologista, procure o seu!

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.