zack-efron-churrasco

Parece bem babaca parar e perder tempo para fazer uma matéria específica para isso. Um evento tão simples, que não requer formalidade e que só exige um pouco de bom-senso na hora de se vestir.

Pois é, se os caras não derrapassem mais que carro de Kart em pista molhada, a gente não estaria aqui.

Em meio a risadas, conversas, bagunça, cerveja e muita picanha suculenta, há espaço também para fazer aquele networking esperto, soltar o xaveco e tratar dos mais variados assuntos. Logo, não dá para ir de qualquer jeito não irmão. Por mais, que a gente ache que está tudo bem. Não está. As pessoas estão nos observando a todo tempo. O jeito de se vestir, de se portar e de agir estão sendo sempre avaliados. Logo, estão nos olhando dos pés à cabeça, por isso ai vão algumas dicas de como se vestir debaixo acima.

É hora de deixar os pés relaxarem.

look-churrasco

Conforto é a palavra-chave de um evento como esse. Ok? Pode ficar a vonts, deixando o sapato social de lado um pouco. É hora de apostar em um bom par de sneakers.

Não tem calçado mais ideal que tênis para um churrasco. Pés leves e confortáveis. Vai de curinga (tênis branco), modinha (ugly shoes) ou de trivial (converse). Tênis não tem erro.

Aqui só não é lugar de sapato. Deixe-os respirando um pouco.

Pode chinelo? Pode. Desde que seja um chinelo novo e bonito. Nada de chinelo surrado, com a sola comida ou com os pés saindo do calçado.

O bacana é montar um look bem arrumado, que é complementado no final com chinelo, do tipo: camisa estampada, mini short, chinelo, um panamá e um óculos de sol clubmaster. Sacou a pegada?

O tempo vai dizer se vai ser bermuda ou calça.

bermuda-ou-calca

Aqui não tem essa de só usar calça. O churras dos amigos ou da firma é o momento ideal de botar os cambitos para fora. Quando eu uso bermuda ou uso calça?

Só tem uma coisa que te fará usar bermuda. Bermuda não, no caso é hora de usar short. O calor.

No verão é tenso ficar usando calça. Aquele puta sol, calor de churrasqueira, sem ar condicionado. Não precisa pensar duas vezes. É hora de botar short. Estamos falando de short porque a peça fica acima do joelho. Lembra do mini short? Ele é o ideal. Não curte, use a bermuda acima do joelho.

Fez frio. Coloca jeans. Peça bacana, versátil e da hora para ocasião. Não tem erro. A sarja deixa o look refinado também. Só tem que tomar cuidado para não pesar na mão com camisa social e deixar o look muito social. Procura mesclar com camisas estampadas ou camisetas.

A regra é ser informal, mas tome cuidado na hora do top.

look-basico-estiloso

Estamos insistindo bem na questão da informalidade. Nada de camisa social. Camisas estampadas, camisetas de modelos mil (gola v, Henley, básica ou com estampa). Dá para escolher os mais variados tipos de modelos de camisetas. Mas tome muiiiiiito cuidado com o caimento. Nada de camiseta sobrando ou faltando medida. Use o seu tamanho. Nem maior nem menor.

Por favor, verificar a peça antes de usar. Peça furada, descosturada ou descorada (velha) nem rola. É hora de botar essas peças para doação. Ok?

Informalidade é bem diferente de relaxo. Não confunda.

Achou que está muito simples, “acessorize-se”. 

look-xadrez-chapeu

A intenção não é ser a árvore de natal do evento. Mas é legal complementar o look com acessórios. Pulseiras, colar, óculos, relógio, chapéu ou boné.

Óculos de sol é questão de necessidade no verão. Relógio é condição “sine qua non” de elegância. Já pulseiras, chapéus e bonés são mais questão de estilo.

Alguns cuidados básicos:

Preste atenção no horário do evento. Eventos durante o dia pedem cores mais vivas, tecidos naturais e permitem mais descontração. Durante a noite já se pode partir para cores mais escuras e peças mais pesadas.

shorts-sandalia-chinelo

Atente-se para não cometer o overdress, ou seja, vestir-se formalmente demais para a ocasião. Roupas sociais como camisas, paletós e calças sociais não andam nesse ambiente. Por incrível que pareça, principalmente homens mais velhos insistem em manter esse formalismo. Você é advogado no escritório e empresário na sua empresa. Fora você é cidadão comum, ok?

Atente-se quem são os convidados. O seu amigo pode estar acostumado com peças que você já usa quando está com ele. Já o seu chefe pode estranhar.

Essas são algumas regrinhas básicas que vão te ajudar a não cometer deslizes na hora de curtir e saborear um bom churrasco, seja ele de carnes ou não. Pois, os vegetarianos com seus legumezinhos também participam da confraternização.

A ideia aqui é celebrar. Mas celebrar não significa sair de casa como a gente bem entende e quer. O ideal é sempre se atentar para a vestimenta. Porque a vestimenta é um código. Um código que transmite uma mensagem por sinal. Uma mensagem sobre nós. Por isso, atente-se no que você quer transmitir.

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.