barbas-2019

Existe uma polêmica circulando em todo o mundo sobre as barbas trazerem riscos de contágio do Coronavírus. Mas será que isso é uma verdade ou uma mentira (fake news)?

Na verdade a confusão surgiu depois de circular na internet um infográfico do CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) que alerta sobre as melhores opções de pelos faciais e as não recomendadas para a eficácia das máscaras respiratórias/cirúrgicas:

mascara-cirurgica-cdc

Esse infográfico é de 2017, mas ainda permanece como recomendação para o uso de máscaras.

Mas e aí, a barba é um problema?

Se você precisa usar uma máscara respiratória (que vale lembrar que a ideal é a N95, como já falamos por aqui), a barba muito comprida poderá ser um problema. Isso porque a barba pode atrapalhar na vedação completa da máscara. Nesse caso o ideal seria barbas por fazer, bigodes ou cavanhaques curtos. E, lógico, a barba feita.

Mas vale lembrar que a OMS não recomenda o uso de máscaras contra o cornonavírus, a menos que você já esteja infectado ou seu trabalho o exija o uso delas.

Lembre sempre de higienizar bem a sua barba!

Assim como muitos médicos já recomendam para os pelos do nariz (sugerindo assoar o nariz sempre que chegar em casa), o mesmo deve ser levado para os pelos da barba. O vírus pode se prender nos pelos e durar por mais tempo do que em outras superfícies. Sendo assim, se você usar barba comprida e quer mantê-la com saúde, vale a pena lembrar de higienizá-la bem, de preferência com produtos específicos para ela.

hoemm-cuidando-da-barba-

Recapitulando: As barbas não são um risco pra você. Só será um problema se estiver infectado e terá que usar máscara respiratória para sair de casa (e evitar passar o vírus para outras pessoas).






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Guilherme Cury
30 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.