Acessórios que muitos homens não dão importância, mas que você deveria dar!

Hoje, moda, estética e beleza é papo de macho sim. Isso é inquestionável na real. Outrora, associada à sexualidade, ou melhor, a não-heteronormatividade. Pois bem, hoje homem cuida muito da barba, da pele, vai à estética, tenta manter o visual alinhado, estar sempre cheiroso e bem vestido.

As preocupações de outrora já não são mais as mesmas. Hoje grooming, beleza e papo de moda tá no ar. Todo mundo comenta e sabe. O X da questão (ou das questões) passou a ser outro.

Stop! Estamos falando daquele detalhezinho que você deixa escapar, não presta atenção ou sequer dá importância. Sim, são eles mesmo que destroem todo um visual. Arrebentam com um look bem montado. E levam as pessoas a prestarem atenção ao que não devem. E sabe onde que isso pega? No bolso. Na carteira. Ou talvez na hora H. Só de cueca. Ou talvez literalmente no seu pé. Com um par de meia.

É isso mesmo. Há “acessórios” que ficam escondidos, aparecem pouco e que, por isso, os homens dão pouca atenção. Não deveriam e nós vamos te mostrar o porquê e fazer com que nunca mais vocês repitam isso.

Pegou no bolso, só pode ser a carteira.

A carteira poderia ser dos males o menor. Mas não é. Própria para carregar dinheiro, cartões e documentos, muitas vezes acaba sendo depósito de lixo, papel e amontoado de moedas.

Uma carteira cheia, velha e esfolada na hora de pagar a conta broxa tanto quanto falhar na hora H.

Opte pelo modelo que faz mais sentido para você (carteira tradicional, pocket, slim ou porta-cartões). O importante é mantê-la limpa, sem rasgos, furos ou acumulando papéis.

Na hora H, a cueca também pode brochar.

Pelo amor de Deus não há ou mulher que suporte cueca furada, com freio de bicicleta, esgarçada e elástico frouxo.

Atenção redobrada a esse acessório ainda mais se você encontrar alguém. Não é porque não aparece que você pode deixar a Deus dará. Tem que se preocupar sim.

Cueca suja pode fazer mal à saúde. Acumular bactérias e feder. Opte por aquela que mais te agrada ( sunga, boxer, slip, samba-canção), o importante é higiene. Perceber quando jogar fora. Atentar-se que furos, rasgos e cuecas são sinais de lixo.

Tá pegando no seu pé e não é o sapato, é a meia.

Nem toda meia é por inteiro no look, já que nem sempre ela aparece. E aí você naquele ânsia do dia a dia, pensa que ela nem vai dar as caras mesmo e bota qualquer coisa ali só para dizer que está usando. E não é bem assim. Tem meia de malhar (branca), meia social, meia que nunca deve aparecer, meia para chamar atenção (meia colorida) só que tem que saber usar.

Furos e rasgos nem pensar. Elástico não é só para segurar. É para sobreviver. Passou nesses testes. Troque as meias todos os dias. Pois são iguais cuecas. Passou mais uma fase atente-se ao uso de cada meia específica para a ocasião correta.

Três itens tão básicos. Tão importantes. E que merecem a nossa atenção. Por isso, deem importância.

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 835

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
7 Melhores Perfumes Árabes Masculinos 10 sobrenomes que indicam que seus ancestrais eram Egípcios CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados