A mais recente pesquisa da moda brasileira ganhou um livro e documentário. “História da Moda no Brasil: das influências às autorreferências” é o título da obra do escritor e professor de moda João Braga e o documentário coordenado pelo jornalista Luís André do Prado. Eles investigam o desenvolvimento da criação de moda no Brasil à partir do período de implantação de moda industrial até os dias atuais.

O livro tem mais de 400 páginas e é dividido em 7 capítulos, que compreendem os seguintes períodos: Belle Époque (1889-1918), Anos Loucos (1919-1930), Era do Rádio (1931-1945), Anos Dourados (1946-1960), Tropicália & Glamour (1961-1975), Anos Azuis (1976-1990) e Supermercado de Estilos (1991-2010). Já o documentário, reune depoimentos de profissionais e pensadores de moda, buscando compreender a identidade brasileira pelas raízes históricas de um país colonial e mestiço.

O projeto é um dos mais aprofundados já feito no Brasil. Uma pesquisa realizada por um período de quatro anos e meio, com uma rica pesquisa bibliográfica, iconográfica e de campo. O resultado mostra 127 depoimentos, pesquisas em 223 livros e teses, 220 publicações em revistas, jornais etc. ainda do século XX, além de mais de 60 sites e 700 imagens e fotos de moda. É realmente uma pesquisa inédita na história da moda no Brasil. Entre os entrevistados, ninguém menos que Alexandre Herchvovich, Carlos Tufvesson, Clô Orozco, Constanza Pascolato, Glória Coelho, entre muitas outras personalidades que ajudaram e ajudam a escrever a história da moda em nosso país.

Tarde de autógrafos

A tarde de autógrafos acontece hoje, às 19h, na livraria da Travessa no Shopping Leblon-RJ, com o apoio da TV Cultura, revista Elle Brasil e Instituto Zuzu Angel. Na ocasião também será também transmitido o documentário, para estudantes da área ou simplesmente amantes da historia é, sem dúvidas, uma rica obra a ser lida e vista.

Por Dhyogo Oliveira.






Escrito por Moda para Homens
O Moda Para Homens é o maior blog de moda masculina do país. O nosso objetivo é mostrar que homem também tem que ter estilo.