Por Joicy Muniz.

Aconteceu na semana passada, entre os dias 9 e 13 de abril, a edição deste ano do Dragão Fashion Brasil, semana de moda cearense, que se consolida como um dos principais eventos de moda do país. Confira um resumo do que rolou de melhor para os meninos nas passarelas do evento:

Mar Del Castro

Mar Del Castro fechou o primeiro dia de Dragão Fashion Brasil. O desfile de Rafaela e André Castro apresentou uma coleção de beachwear com muita sensualidade em um clima bem tropical, brasilidade pura! Os meninos foram bem servidos com roupas de banho, bermudas, shortinhos com a cara do verão, camisas super leves e chinelões de couro.

Lindebergue Fernandes

A coleção de Lindebergue teve como tema “A Santíssima trindade da cultura popular brasileira”, sendo dividida em três subtemas: cozinha, telenovelas e religião. Destaque especial para a trilha sonora do desfile que foi de “Chega mais”, passando por falas de personagens marcantes da TV brasileira como Nazaré Tedesco e Bia Falcão, até Feijão Maravilha e Wando fechando a apresentação. A descontração do desfile de Lindebergue não ficou somente na trilha sonora, aplicações em vinil com formatos de ovos fritos evidenciavam essa característica. Florais coloridos, shorts curtos, macacões, tons terrosos e o índigo foram marcantes, além dos acessórios, como as pulseiras, colares, coroas, que realçavam ainda mais a coleção do estilista.

Skyler

A Skyler apresentou coleção com o tema “Design & Technology” no Dragão Fashion Brasil deste ano. A marca criou toda uma ambientação para com o tema em sua passarela, desde a abertura do desfile até o final, sugerindo sempre uma visita ao mundo das inovações tecnólogicas e os benefícios que ele pode nos proporcionar. A pegada High-tech da coleção não termina por aí, a estamparia sugere tempo, velocidade, som, ação. Destaque para a nova linha de produtos com recortes aerodinâmicos e a utilização de tecidos inteligentes. A cartela de cores trouxe pretos, bordôs, azuis-neon e acinzentados. Shapes modernos, recortes bem atuais e uma grande riqueza em jeans, que tiveram tratamentos exclusivos e modelagens que foram desde o slim ao tradicional.

Ronaldo Silvestre

Miraculous foi o tema da coleção de Ronaldo Silvestre, inspirada em Harry Houdini, o grande mestre na arte da mágica e ilusionismo. A coleção 2012 do estilista nasce baseada na ludicidade e emoção trazendo uma cartela de cores com azul, amarelo, vermelho, preto e tons de cinza. As amarras com fivelas metálicas que surgiam no corpo dos modelos davam um ar fetichista e uma pegada rocker, além disso, os jeans sem lavagem direcionaram e pontuaram toda a coleção. Calças masculinas de modelagens super justas também eram presentes na passarela de Ronaldo Silvestre.

Mario Queiroz

Com inspiração Art Déco, Mário Queiroz trouxe a coleção apresentada na última edição do SPFW, que pela primeira vez trouxe looks femininos em sua composição. Mario continua com referências às décadas de 20 e 30 e um ar clássico mesclado ao contemporâneo. Tecidos pesados como a lã e o veludo, compunham a coleção super vintage e repleta de alfaiataria e sobreposições. A cartela de cores teve cores fechadas como preto e cinza.

Lino Villaventura

Lino trouxe muito luxo, dramaticidade e detalhes exuberantes. Lino buscou inspiração no clima sombrio e características do irlandês Francis Bacon. A coleção trabalha tecidos nobres como gaze de seda, seda pura, organza e tafetá. A cartela de cores tem preto, nude, vermelho e ocre. Modelos de calças e camisas, com transparências e plissados compunham os looks masculinos. Lino emocionou e conquistou mais uma vez.

Riachuelo

A rede de fast-fashion Riachuelo apresentou sua coleção Outono/Inverno 2012 na passarela do Dragão Fashion Brasil trazendo um clima altamente britânico e a pegada street já característica. A coleção teve uma apresentação dividida em três partes: Swinging London, onde o espírito londrino dos anos 60, com um perfume dos anos 20 foi explorado, Lucky Star, tendo inspiração totalmente ligada ao rockabilly e pin ups dos anos 50 e Fantasy Forest, esta última buscando referências na sensação de conforto e contato com a natureza. Swinging London trouxe, ao som super envolvente de Lisztomania, do Phoenix, peças masculinas como tricots diferenciados, calças skinny e slim com uma cartela de cores que teve pretos, cinzas e marinho com pontos de cores como pink, azul royal e vermelho cereja. Partindo para o universo dos rockabillies, Lucky Star apresentou camisetas com estampas características da época e jeans de lavagens escuras. Camisas xadrezes, camisetas “podrinhas”, calças jeans e veludos eram presentes em Fantasy Forest, que tinha uma cartela de cores com tons terrosos mesclados e tons quentes.

Fotos: Nilo Saraiva.






Escrito por Moda para Homens
O Moda Para Homens é o maior blog de moda masculina do país. O nosso objetivo é mostrar que homem também tem que ter estilo.