Vivienne Westwood, a estilista que luta contra o consumismo da moda.

Você já imaginou uma pessoa que trabalha com um tipo de produto fazer discursos que incentivam às pessoas não comprarem esse produto de forma consumista?

Pois esse é o discurso da famosa estilista Vivienne Westwood depois de cada um de seus desfiles.

Em 2010:

“Parem com todo esse consumismo”.

“Eu sempre digo às pessoas: ‘parem de comprar roupas’. Por que não proteger esse presente que é a vida enquanto nós a temos? Eu não acho que essa atitude destrutiva seja inevitável. Alguns de nós gostariam de parar e ajudar as pessoas a sobreviverem”.

Em 2012:

“Eu digo às pessoas para pararem de comprar roupas por pelo menos 6 meses. É bom comprar menos e fazer boas escolhas. Faz bem para o meio ambiente”.

“Quando era pequena, tive que aprender a costurar meias rasgadas, mas hoje ninguém remenda nada”… “Há pessoas que não sabem nem ferver um ovo. Acho que os britânicos são os maiores consumidores de refeições prontas do planeta”.

Em 2013:

“Compre menos. Escolha bem. Faça durar. Qualidade, não quantidade. Todo mundo está comprando roupas demais. Digo, sei que sou sortuda. Posso pegar as coisas, emprestá-las, mas odeio ter muitas roupas. E acho que os pobres deveriam ser ainda mais cuidadosos”.

 “Acho que as pessoas deveriam investir no mundo. Não invista em moda, mas no mundo”.

“A primeira coisa a fazer, quem mora numa cidade, é ir a galerias de arte. Comece a construir valores diferentes, a se engajar com o passado, com a raça humana”.

“Não significa que você tenha que comprar qualquer coisa barata. Em vez de comprar seis, compre uma de que realmente goste. Não compre apenas por comprar.”

E você?

Compra roupas por consumismo ou por necessidade? Tem o costume de restaurar roupas? Quantas roupas têm no armário que nunca usa? Comente. Vamos discutir sobre isso!

34 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 10 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.
Post criado 2672

6 comentários em “Vivienne Westwood, a estilista que luta contra o consumismo da moda.

  1. Grande Vivienne! Precisa ter peito pra fazer declarações como essa.Mas o melhor é que ela tem razão, afinal vivemos hoje no mundo da quantidade e não da qualidade.Por isso a indústria da moda e também da tecnologia vive de criar demandas.Das quais a gente nem se dá conta de que não precisa.

  2. Certíssima!
    Eu tento prestar muita atenção p/ não cair nas malhas do consumismo desenfreado, mas acabo caindo.
    Ultimamente tenho tentado isso: “Compre menos. Escolha bem. Faça durar.”

  3. Vivienne está corretíssima…..precisamos adotar o consciência de que devemos comprar qualidade e não quantidade.
    A moda como qualquer outro segmento pode causar um desequilíbrio irreparável, portanto busquemos equilibrar nossas atitudes agora e dizer não ao consumismo exacerbado.

  4. Ja gostava da Vivienne e agora que li este post gosto mais.
    Eu ja fui muito consumista, hoje em dia estou me controlando e comprando oque realmente eu necessito. Uma boa dica e fazer doações das roupas que nao usamos mais.

  5. Que felicidade ler essa matéria e as palavras de Vivienne Westood. Tenho um blog (ollivias.wordpress.com) e meu último post foi exatamente sobre o trabalho de Vivienne no último desfile da semana de moda de Londres. Onde me fez falar sobre moda para além do que simplesmente apresentar novas tendências. Acho um trabalho de criação sincera, comprometidamente sem vaidade e que por isso nos chega tal original.

    Parabéns pela postagem,
    Sucesso no blog.

    Abraço,
    Loreta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
5 Dicas Para Parecer Mais Velho Gel, Cera, Pomada, Spray: Qual usar? As tribos e estilos do TikTok A importância de ter um ícone de inspiração! Como controlar a caspa