Dia do Trabalho

Segundo um estudo publicado no jornal americano The Washington Post, “vestir-se bem pode influenciar positivamente no seu rendimento profissional”.

A pesquisa foi realizada da seguinte forma: Pesquisadores de Yale recrutaram 128 homens para simular cenários de negociação. Esses participantes foram divididos em 3 grupos e receberam roupas diferentes:

• TERNO & SAPATO
• MOLETOM & CAMISETA
• ROUPAS ALEATÓRIAS


Os homens, que se vestiram de terno, tiveram um lucro de US$ 2,1 milhões nas negociações. Aqueles que estavam vestidos de moletom, por outro lado, ganharam US$ 680 mil. Já os rapazes de roupa aleatória tiveram um lucro na metade do caminho entre ambos.

Mas o que explica isso então?

Há fatores externos e internos para explicar isso.

Segundo a pesquisa, os fatores internos aumentam a confiança de quem está usando, ajudando na capacidade de raciocínio (já que os caras que vestiam roupa social pensavam mais rápido) e os fatores externos são que quem vê a pessoa usando roupa social lhe dão mais credibilidade. Logo, isso influencia positivamente nas negociações.

Conclusão: Embora não possamos julgar as pessoas pelas roupas que vestem, o fazemos e, além disso, nós mesmos nos enxergamos de maneira diferente ao usar roupa social. Logo, total atenção na hora de se vestir se vai a uma entrevista de emprego, realizar um negócio ou se quer impulsionar a carreira.






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.