Street Style: macacão

Meu último post foi sobre como o macacão vem ressurgindo nas semanas de moda desde 2011 nas passarelas nacionais e internacionais, com o último desfile da Ellus confirmando a tentativa dos estilistas de inserir a peça novamente no guarda-roupa masculino. É certo que na passarela, tudo tende a ficar bonito e gerar o desejo em muitos de nós de querer usar aquela roupa também. Mas o dia-a-dia tem suas restrições e a vida real nem sempre nos encoraja, e é por isso que fui atrás de pessoas reais usando  macacão para mostrar que sim, é possível.

Street Style de hoje trás homens das principais capitais da moda (Paris, New York, Shangai, Milão e Londres) usando a peça sem medo! Os modelos variam: existem os tradicionais (também conhecidos como Jardineira), que provavelmente todo mundo usou quando criança (que deixa o look bem informal e com um toque de humor), os curtos nas mangas e nas pernas que não necessariamente são em jeans (mais adaptável ao verão), os de mangas compridas e fechado com botões na parte da frente (que muitas marcas apostaram) que trás a estética do uniforme proletariado e pode ser atualizado com diferentes lavagens de jeans combinado com outras boas peças e acessórios. Nos pés, os abotinados e sapatos com volumes são os escolhidos, o que dá a proporção equilibrada ao look. Infelizmente, ainda é difícil encontrar o macacão à venda nas lojas, e constatei isso com os muitos recados de vocês leitores. Mas não descarte a possibilidade de ir a um brechó ou pagar um pouco mais caro por uma boa peça. Fica aí o apelo às marcas.

Tem um macacão e usa ele no seu dia-a-dia? Mande foto do seu look pra gente! [email protected]

Blogueiro e designer de moda. Também escreve no Sem Geração.
Post criado 142

6 comentários em “Street Style: macacão

  1. O macacão é de fato uma peça bonita no vestuário masculino, porém o que impossibilidade seu uso, (sendo extremamente franco) é a sua não mobilidade, e pior de todas, a capacidade de impedir os homens de fazerem suas necessidades primarias ao longo do dia (digo o nº 1 e o nº 2 também).

    Portanto, não é viável usa-lo e nem tão pouco compra-lo.

  2. láááááá nos anos 80, quando adolescente, usei o macacão (era mordinha). Fazer o n.º 2 nem digo, mas o n.º 1, que a gente faz toda a hora, puts, era um inferno: tinha que se fazer um quase strip-tease.

    Na boa, o único modelo que gostei foi o jardineira, que me parece um macacão de operário mesmo (acho que é), só que no caso da foto, está bem limpinho, claro. Quer quiser este modelo, que realmente é muito bonito, basta ir a lojas de uniformes que vai encontrar, simples assim. Não espere grandes tecidos, provavelmente será numa sarja bem grossa e queeeeeeeeeeeeente. Com sorte, alguns tenham zíperes para o n.º1 e quem sabe, uma saída tipo “alçapão” para o número 2 (há muito tempo atrás eu vi um assim).

    Ah, sim, hj em dia, não usaria.

    1. Não gosto de usar nada complicado, prefiro peças “usáveis”, ainda mais no verão que se avizinha. Se vc quer se despir cada vez que for urinar ou prefere ficar “apertado” por um longo tempo para evitar o incômodo, problema seu, Marcelo. Vc pode usar o modelo que quiser e guardar todas as suas necessidades fisiológicas apenas para vc. Talvez seja um fetiche seu ou vc ache divertido, sei lá.

      Mas eu não acho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
A importância do Setembro Amarelo O Pop-Punk está voltando à moda! PEÇAS QUE AS MULHERES ODEIAM NOS HOMENS Old Money: A estética ‘Rico Vintage’ Truques de estilo para homens gordinhos