MPH Drive: Ford New Fiesta 2014

Nesse mês, durante as finais do X Games, eu tive a oportunidade de ir até Foz do Iguaçu para participar do lançamento e test drive do New Fiesta 2014 da Ford.

A versão anterior já tinha sido testada por aqui, lembra? Dessa vez os testes foram realizados em um percurso que partiu de Foz do Iguaçu e cruzou as fronteiras do Paraguai e Argentina, passando por dentro da famosa Usina Hidrelétrica de Itaipú. Sensacional, não?

A grande novidade desta nova geração é que ela é produzida no Brasil, em São Bernardo do Campo, e está disponível em quatro versões: 1.5 S e SE e 1.6 SE e Titanium (topo de linha). Além disso, traz duas avançadas opções de motores da família Sigma, o 1.6 16V TiVCT Flex com duplo comando de válvulas variável e independente e o 1.5 DOHC 16V Flex, ambos de alumínio e com sistema eletrônico de partida a frio Ford Easy Start, sem a necessidade de reservatório de gasolina.

Desde a versão de entrada (1.5 S), o carro traz ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas portas dianteiras, travas elétricas, airbag duplo frontal, alarme, maçanetas e espelhos retrovisores na cor do veículo, calotas, rádio CD Player com entrada USB e Bluetooth e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD). A versão 1.5 SE agrega rodas de liga leve de 15 polegadas, faróis de neblina e um novo pacote de acabamento.

Já quem prefere o motor 1.6 16V poderá escolher entre duas versões (1.6 SE e Titanium). A 1.6 SE inclui controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas (HLA), ar-condicionado digital e o sistema multimídia SYNC. E o destaque do lançamento que fica para o modelo topo de linha, Titanium 1.6 16V, que vem com sete airbags (dois frontais, dois laterais, dois do tipo cortina e um para proteção dos joelhos do condutor), revestimento interno em couro, rodas de liga leve aro 16, piloto automático, pacote de acabamento Titanium, espelho retrovisor interno fotocrômico e sensores de estacionamento, crepuscular e de chuva. Nas 2 versões pode ser adicionado o sistema de transmissão PowerShift (dupla embreagem com seis velocidades).

O motor Sigma 1.6 TiVCT desenvolve a potência de 130/125 cv com etanol e gasolina (flex), respectivamente, acelera de 0 a 100 km/h em 12,1 segundos (etanol) e atinge a velocidade máxima de 190 km/h.

Na versão PowerShift (que geralmente têm consumo maior), o consumo conta com a classificação A de eficiência do INMETRO/CONPET, fazendo 7,9 km/l com etanol e 11,4 km/l com gasolina na cidade e 9,9 km/l com etanol e 13,9 km/l com gasolina na estrada.

A carroceria conta com seis cores para todas as versões, com uma tecnologia global de pintura que garante ao mesmo tempo alto brilho, resistência e profundidade: azul Califórnia, vermelho Arizona, vermelho Vermont, branco Ártico, preto Bristol e prata Dublin. Minha preferida é a azul Califórnia:

O interior continua básico para as versões de entrada, ganhando um “charme” somente na versão Titanium (com bancos de couro e melhor revestimento).

Versão Titanium:

O compacto acelera de 0 a 100 km/h em 12,3 segundos e chega à velocidade máxima de 190 km/h.

Tabela de preços:

Ford New Fiesta S 1.5 16V • R$ 38.990
Ford New Fiesta SE 1.5 16V • R$ 42.490
Ford New Fiesta SE 1.6 16V • R$ 45.490
Ford New Fiesta SE 1.6 16V Powershift • R$ 48.990
Ford New Fiesta Titanium 1.6 16V • R$ 51.490
Ford New Fiesta Titanium 1.6 16V Powershift • R$ 54.990

34 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 10 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.
Post criado 2687

8 comentários em “MPH Drive: Ford New Fiesta 2014

  1. Os vidros fecham no controle !. ele possui computador de bordo !. na versão mais simples..

    Tinha encomendado ja o HB20 e desisti depois que vi o fiesta 2014 no site. mesmo ele tendo o interior mais simples que os demais pelos seguintes itens.

    Pontos positivos.
    1.5
    freio ABS
    Aro 15
    Fabricado no brasil
    Ford a quantos anos mesmo no brasil ?
    Peças aparentemente fáceis de conseguir pois e padrão mundial.

    pontos fracos em relação ao HB20.

    Acabamento interno.
    manutenção um pouco alta.
    Muito plastico. mais quem nunca teve um gol né.

    OBS: alguém ja penso em compra um hb20 que você usa pra trabalho, sai com a família etc..e quando precisar de peças as mesmas demorarem 60, 90, 120 dias pra chega…. e vc ter que anda de ônibus.

    Os carros no brasil são caros concordo plenamente… mais quem não tem dinheiro pra compra um completo de qualquer marca, e não tem dinheiro pra compra o mais simples que for… ANDA DE ÔNIBUS e não critica.

    so ter o nome limpo na praça e carteira assinada que duvido não conseguir comprar um.

  2. Gostei, das linhas, contornos, da grade nova, das cores, do preço, dos mimos, do sistema de segurança. Com certeza, será a minha futura aquisição. A Ford está de parabens.

  3. fui na concessionária e tinha um branco (1.5 s – 2014) e um ( 1.6 – completo, 7 air bags e etc, 2012/12) – pelo preço de 44 mil reais, troquei meu punto pelo 12/12 – nem pensei duas vezes, mesmo o 1.5 é terrivelmente pobre por dentro, com arestas dos plásticos pretos, o new fiesta fabricado no méxico da de 1000 a 0 no fabricado no Brasil!

  4. Estive na Fiat, W, Chevro, Peg. e outras mais marcas de carro, e realmente a tecnologia do new fiesta é superior aos demais. Tem algumas falhas sim em acabamento interno, porém no todo sua tecnologia supera os demais. Analisei um a um e sem duvida é o melhor carro o new fiesta. Já comprei o danado 1.6 se completo. Parabéns a ford meu 1° carro dessa marca, pois os demais já tive. Alguns boas recordações e outros nem gosto de falar.

    1. Concordo com vc. Comprei o meu 1.6 SE tambem, e estou adorando o carro! Tem gente q reclama sem saber oq está falando, as vezes falam mal e nem ao menos foram buscar saber os detalhes do carro! O carro está muito bonito, e um motor q anda parecido com um 2.0. Se for comparar preço, tecnologia, desempenho, consumo, design e equipamentos, sem duvida a melhor opçao!

  5. Comprei o 1.5 s e fiquei satisfeito com o desempenho do carro. Saí de um Focus 2.0 GLX 2012(magnifico). Mas o new fiestinha surpreendeu-me positivamente; pra ser sincero, nao sinto mais tanta falta do Focus.

  6. O meu New Fiesta Titanium automático está com 1.000Km e bebendo horrores – tanto no etanol quanto na gasolina. Não é nada do que o Imetro propõe em matéria de consumo. Fui à autorizada e o técnico inventou uma porção de lorotas. Conclui que para atingir a meta do Imetro é preciso rodar em planícies atapetadas, porque até pequenas subidas e descidas o técnico usou pra justificar maior ou menor consumo . É brincadeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
A importância do Setembro Amarelo O Pop-Punk está voltando à moda! PEÇAS QUE AS MULHERES ODEIAM NOS HOMENS Old Money: A estética ‘Rico Vintage’ Truques de estilo para homens gordinhos