Moda para Homens de Peso e Personalidade

Dizem que a moda é mais democrática para o universo masculino, mas eu nunca vi um editorial direcionado para os homens que estão acima do peso. Nas vitrines, todos os manequins são sarados ou longilíneos e a impressão que eu tenho é que os números estão ficando cada vez menores, o tamanho 46 do passado já não é o mesmo de hoje. Óbvio que você já notou que as camisetas apresentam modelagens cada vez menores, assim como as camisas, bermudas e até as cuecas.

Aí eu pergunto: como consumir uma moda que é feita apenas para pessoas magras?

As muheres de curvas vem ganhando destaque no mundo fashion, mesmo ainda estando muito longe da realidade, afinal, eu acredito que uma modelo que use manequim 40 ou 42 não deva ser considerada plus size na vida real! Eu acho um absurdo e admito que a sociedade cobra das mulheres uma perfeição física deturpada e pouco saudável, tirando a Bridget Jones, não me lembro de nenhuma heroína do cinema que se desse bem no final da história sem que passasse por um regime drástico até conquistar o príncipe encantado.

Mas voltando aos homens, esqueça aquele papo de que uma barriguinha de chopp é charmosa, ao menos que você seja gracioso como o Homer Simpson, dificilmente alguma mulher (ou homem) sentirá atração por esta parte avantajada do seu corpo. Se elas insistem que gostam, repare que isso se aplica apenas aos seus atuais namorados e nunca aos futuros. E claro que viva às excessões, são elas que deixam este mundo mais interessante, porém, aqui estou falando da maioria.

Meu amigo, quer um conselho? Se você sente que está acima do peso, a primeira coisa a fazer é começar a praticar algum esporte com acompanhamento médico, mesmo que seja caminhadas, corridas ou alongamentos. Não falo pelo lado estético, mas sim, pelo da saúde, isto é o que importa. Mas se você está satisfeito com o espelho… bom, mesmo assim eu insisto para que você comece a praticar algum esporte, não importa se você esteja magro ou não, o corpo humano é uma máquina que precisa de atividades físicas para funcionar melhor.

Dica: Você é o que você consome, seja alimentos, bebidas ou tipos de roupas. Já que você tem a liberdade de poder escolher, evite comidas hipercalóricas, fast-foods ou enlatados da mesma forma que deveria evitar roupas que não valorizam o seu corpo.

Se a “tendência” diz que calça skinny está na moda, esqueça! Primeiro que a tal da “tendência” não é a sua mãe, então ela não manda no que você faz, sendo assim, use apenas o que você gosta. E cá entre nós, uma calça justa, mesmo com elastano, pode não ser muito confortável ao longo do dia.

Eu não curto muito este papo de que gordinhos devam usar roupas escuras ou monocromáticas. Alguns consultores de moda dizem que assim você fica mais discreto. Mas pra que ser discreto, então quer dizer que estando acima do peso eu deva me esconder?

Use roupas que tenham a ver com a sua personalidade e estilo, apenas fique atento aos cortes e tecidos que não marquem partes que você não queira. Se olhe no espelho e entenda as proporções do seu corpo, isso vale para todos os biotipos.

Este post não é para te ensinar como se vestir, mas sim para que você veja que a beleza e a moda são para todos, é a sua personalidade e carisma que definem isso ;)

Comentem, quero ler as opiniões de vocês!

Jornalista e produtor de conteúdo. Veja mais no site eaiconteudo.com.br.
Post criado 98

21 comentários em “Moda para Homens de Peso e Personalidade

  1. ACHEI O POST MUITO IMPORTANTE POIS TENHO 1,7 M E JÁ TIVE 70KG, POR PROBLEMAS DE SAUDE ESTOU COM 90 KG E NUMA DIETA PAR VOLTAR AO MEU PESO E PERCEBI QUE QUANDO ENGORDAMOS AS PEÇAS COMEÇAM A FICAR DIFICIEIS DE ENCONTRAR E AS PESSOAS FAZEM MUITOS COMENTARIOS MALDOSOS, POR ALGUM TEMPO ME ESCONDI EM ROUPAS ESCURAS OU MAIS LARGAS E

    1. Monica, pensando sobre isso..acredito que saedmos de uma zona de croofnto radical das filtragens midie1ticas para uma nova, que e9 a filtragem em rede digital, com canais mfaltiplos.Vamos agora nos acomodar nisso, ainda ne3o sabemos lidar com tanta informae7e3o, estamos pelados, numa praia, cheia de mosquitos, sem barraca, roupa ou repelente. Todos picados.Vai levar um tempo ate9 desenvolvermos afetiva (pois quem nos protege em primeiro lugar e9 a me3e e o pai) e cognitivamente (pois precisamos desenvolver nossas habilidades para lidar com esse volume).Estamos abandonados sem pai e nem me3e.c9 esse o drama da primeira gerae7e3o da nova civilizae7e3o, sem lene7o, sem filtro e cheio de banda larga. ;) Vamos entrar agora numa zona de croofnto via Google, que este1 se preparando para nos adotar completamente.Sf3 vamos sair, a meu ver, depois quando o Google comee7ar a ratear e precisarmos mais e mais de Inteligeancia Coletiva para criar novo ambiente de filtro, tendo um ser robf3tico para nos ajudar nessa misse3o.O que seria na minha vise3o a Web 3.0.c9 isso, avane7ando no debate.Beijos, valeu a visita.Nepf4.

  2. EM ROUPAS ESCURAS OU MAIS LARGAS E HOJE TENTO VOLTAR A USAR ROUPAS QUE REPRESENTAM MINHA PERSONALIDADE MAIS FELIZ MESMO ESTANDO EM UM TAMANHO MAIOR. ACREDITO QUE PODEMOS USAR MODA E NOS SENTIR BEM MESMO ACIMA DO PESO SÓ É NECESSARIO RECUPERAR NOSSA AUTO-ESTIMA, UM ABRAÇO A TODOS !!!

  3. Olá Felippe!

    Como assumido gordo tamanho 50 que sou, é impossível não atentar para qualquer tipo de publicação e matéria que cite nossa classe no mundo da moda.
    Realmente já me fiz essa pergunta de como a moda não é feita para nós, chega a ser ofensivo ouvir de boas lojas de nomes super conhecidos o famoso “Não fabricamos seu tamanho !”, ouvi isso por muito tempo, porém hoje ao invés de ofendido eu saio lamentando a grande fatia do público masculino que esta loja está perdendo.

    Concordo que nem nem todos admiram a famosa barriga de chopp, mas acredito que nem todas as pessoas olham um gordo e torcem o nariz. Abomino completamente a idéia de emagrecer para entrar em tal manequim ou conseguir usar roupas de tal e tal loja, como diria minha mãe a roupa que foi feita pra entrar em você e não o inverso !

    Não estou fazendo apologia a obesidade, exercícios são sim importantes, mas faço parte da geração de homens de sobrepeso que olha no espelho e não se acha um monstro, e nem sai deprimido de um provador pq a tal camisa da moda de manequim esquelético ficou ridícula em você !

    Gostei muito da sua matéria, acho que realmente falta pra muito homem, principalmente gordinhos, o senso de enfrentar o espelho e se questionar se aquela roupa ficou realmente boa em você?
    Somos aqueles que vão ter mais dificuldade para se vestir bem, que vão ter que procurar mais, prestar mais atenção nas coisa mas nem por isso serão menos atraentes ou devem se sentir perdedores da moda.

    Grande Abraço
    Cleiton Lima
    112kg, Casado e Feliz !

  4. Olá Wesley e Cleiton, tudo bem?
    Fiquei extremamente feliz com os seus comentários, com certeza isso nos incentiva a sempre procurar bons temas e pautas.
    Concordo com vcs, quem perde em não oferecer roupas para todos os tamanhos é a própria indústria da moda, que as vezes parece estar míope para o mercado consumidor, só enxergando uma parte deles.
    Um grande abraço e obrigado!

    Felippe Canale.

  5. Olá pessoal do MPH! É a primeira vez que comento um dos posts pq me enquadro em tudo o que este disse: Tenho 1,75 m e peso 101 kg (não me envergonho de dizer, até pq isso me martirizaria ainda mais). Uso tamanho 48 e me recuso a me render à somente as roupas escuras! Tenho várias camisetas coloridas, mas sempre as uso com roupas que as façam menos chamativas, por isso, consigo disfarçar e as pessoas ficam espantadas quando falo meu peso, dizem que eu não aparento TUDO ISSO. Isso me faz sentir bem e mal ao mesmo tempo. Por um lado aparentemente eu pareço menos gordinho. Minha amiga diz que as roupas ficam bem em mim pois sou “gordinho por inteiro, não só em algumas partes”… hehehe! Por outra me sinto mal, pois as pessoas acham que acima do 100 kg a pessoa é obesa morbida…

  6. Já o meu problema é exatamente o oposto.. Tenho dificuldade em encontrar roupas que me sirvam pois sou magro demais. (Maldita genética.. ¬¬”)

  7. As grifes acabam pegando sempre um “modelo de publico alvo” e baseando não apenas uma coleção mas toda a sua produção voltada para aquele tipo físico. Sou magro e não consigo usar roupas armani ou DG, que são especificamente para bombados. No Brasil não há padrão nenhum de tamanho, e em muitas lojas não encontro calça 36 ou 38. O tamanho P geralmente me foge aos ombros. A saída é comprar roupas de fabricantes asiáticos, ou aproveitar nas exporádicas viágens para fazer a festa!

  8. não podemos mentir para nós mesmos, apesar de bem vestido um gordinho nunca atraira olhares, falo isso porque vivo isso, sempre uso as roupas mais caras e bonitas (as que ficam bem em mim) e nunca consigo nada! conseguia. já que no ano passado consegui perder 15 kg e agora vou perder mais 15! não adiante negar, os gordos não tem vez

  9. Olha na verdade a indústria faz aquilo que a maioria compra, ou seja, a moda é feita para quem tem peso médio e é alto, que é a estatura mais encontrada no publico que compra mais roupas.

    Realmente quem é gordo tem dificuldade de encontrar roupas, mas os muito magros também têm essa dificuldade, não me deixa mentir o magro que procura por calças 36 e não acha e quando acha é extremamente cara.

    O problema é que as indútrias querem atingir as massas, mas esquecem muitas vezes que a minoria também merece atenção e também é um consumidor ativo.

    Concordo com o Kassio e com o Diego, e a solução que eu encontrei pra mim foi de aprender a costurar e ajustar minhas roupas eu mesmo.

  10. Essa questão da constante diminuição da modelagem das peças masculinas é um problema mesmo. Sou gordo e sofro com isso. Muitas vezes deixo de comprar em alguma loja que eu gostaria por achar que lá não tem meu número.

    A falta de padronização também atrapalha bastante, tem loja que visto 44, outras 46 e às vezes até 48.

    A questão de seguir regras, eu não acho que ninguém deva seguí-las à risca, sendo gordo ou magro. Eu mesmo tenho pouquíssimas roupas pretas, gosto muito de usar cores variadas, mas sempre presto atenção se algo não vai ficar estranho.

    Quando falamos você é o que vc come, escolha a comida como escolhe a sua roupa, parece que é simples. Comer pra mimé um hábito. É muito difícil que eu me alimente quando estou com fome. E hábitos são difíceis de mudar. Você pode ter a consciência de que precisa mudar, mas só percebe que comeu depois de ter comido… é impressionante. Estou em processo de mudança, emagreci 11 quilos desde janeiro apenas reduzindo quantidades, sem mudar nada do que costumo consumir e tem feito bastante efeito. Só falta eu achar uma brecha no meu horário pra incluir exercícios físicos.

    Mas muito bom o post, parabéns.

  11. Acho interessantíssima essa questão de padrões de tamanhos na moda masculina, mas no meu caso o total oposto dos tamanhos grandes.
    Na maioria das x em que vou comprar roupas, em especial calças jeans, nunca encontro tamanho 36 masculino, pq so confeccionam acima do 38, ai tenho que comprar maior q mandar ajustar.

  12. Olá a todos.

    Antes de tudo quero dizer que gosto muito das matérias do site, em especial dos tamanhos Plus Size. Sou formado em moda fiz um curso Técnico de 2 anos que foi suficiente para mudar a minha maneira de se vestir e até mesmo meu estilo de vida, sempre fui gordo e sofri muito com isso mas a moda me ajudou e muito. Ser gordo não é o problema e sim a maneira que você pensa, nesses 2 anos de curso passei por varias fazes de estilo; Brega, ridículo, ousado, sem noção até chegar no de hoje que eu chamo de Clássico Moderno.
    Mas o que eu quero realmente neste comentário é chamar atenção dos meus colegas gordinhos, falo por experiencia própria, não sejam tão OUSADOS pois acaba ficando ridículo e vocês serão vitimas das risadinhas e comentários indesejáveis, antes de tudo nunca compre nada maior ou menor que o seu tamanho, vá na frente do espelho e veja como é seu corpo para na hora de comprar as peças tenha um equilíbrio entre as proporções, e aquela historia de gordo só pode usar calça reta e peças pretas esqueçam e de preferencia comprem sempre calças jeans com modelagem ajustada e com elastano pois dão um caimento melhor e conforto, e se você não tem compre, um blazer bem cortado de uma cor neutra ele é o coringa do nosso guarda roupa. Bom hoje eu posso dizer que entendo bem sobre moda masculina para homens plus size, sempre fui bem elogiado pela maneira que me visto, estou a disposição de qualquer um para dar uma consultoria sobre a melhor forma que você gordinho ou magro pode se vestir.

    [email protected]

  13. Eu sou gordo e alto e isso não me impede de usar roupas descoladas e me vestir bem, eu uso e abuso, mas na hora de comprar roupas é um martírio. É dificílimo encontrar roupas bonitas do meu tamanho, muitas vezes eu compro em brechós e mando fazer roupas. Existem lojas que nem entro, como C&A e Marisa, eles simplemente nos ignoram como público consumidor, isso me afeta psicologicamente, pois acredito que haja discriminação. Além disso já aconteceu de eu entrar em lojas “caras” querendo comprar uma peça e a vendedora me olhar de cima a baixo e dizer que não tem meu tamanho. Eu só queria que as marcas que eu gosto e não compro por não ter roupas do meu tamanho me enxergasse como consumidor ativo.

  14. A matéria é Excelente, mas…
    Um pequeno Detalhe.

    Onde estão as imagens ilustrativas?
    Quando se fala de moda não é melhor mostrar do que falar?
    Artigo sem crédito, na minha opinião, embora o texto seja excelente, faltou o visual que seria 90% da matéria.

  15. Gostei muito da matéria, seria legal publicarem mais artigos sobre o assunto, aliás sou maninquim 50 e passo por tal problema de encontrar algo que caiba na em minha cidade. Vlw ajudou bastante ate a encentivo a auto estima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
A importância de ter um ícone de inspiração! Como controlar a caspa Calça Wide Leg, o modelo da vez! COMO PERDER GORDURA E GANHAR MASSA MAGRA Moda “RELAXADA” é a tendência da vez!