hair-tattoo

Há tempos temos visto rapazes (e até mesmo garotas) ousando no visual. Óbvio que os rapazes muito mais, até por causa do comprimento e da possibilidade de variação de cortes, maior que as mulheres.

Os jogadores de futebol e rappers trouxeram essa onda de corte com penteado e ela foi ganhando cada vez mais adeptos. E o que era só um risco virou um desenho completo. O desenho foi ficando cada vez mais elaborado. Até se tornar o que hoje vem sendo chamado de hair tattoo.

corte-hair-tattoo

Apesar dessa moda estar sendo chamada de hair tattoo, não é nada definitivo viu. Na real, com navalha e tesoura são desenhos bem elaborados como se fossem de tatuador (daí vem a denominação). Tudo começa com a máquina e termina com a navalha. Para isso são usadas técnicas que permitem degradês e esfumaçados.

Os desenhos combinam com vários tipos de corte de cabelo, entre eles o undercut, o sidecut e o fade.

Mano, mas qual desenho devo escolher? Tudo vai depender muito do estilo da pessoa, do formato do rosto e se usa barba ou não. Para ter mais noção disso, consulte um bom profissional que vai avaliar tudo isso.

hair-tattoo-trend

É possível fazer sozinho, é sim. Nada é impossível. Desde que você desenhe bem, tenha boa coordenação e habilidade com máquina e navalha. Mas eu não recomendo, pois a possibilidade de se cortar é grande.
Quem optar por esse tipo de visual deve ter o barbeiro como amigo, pois periodicamente terá de estar passando nele. De 10 a 15 dias no máximo para manter o desenho intacto. O bom é que se não gostar do desenho ele sai rápido também.

corte-cabelo-desenho

São inúmeros os exemplos que desenhos e cortes: estrelas, mandalas, pássaros, diamantes, formas geométricas, símbolos esportivos (Nike e adidas, por exemplo), rosas, escadas, v mínimo, desenhos abstratos, raios, três listras, efeito 3D, várias estrelas, elementos gregos, riscas duplas com a sobrancelha, desenho que entra na barba, tranças de imitação, risco simples, fantasma, cubo, cruz, arcos e flores.

exemplos-hair-tattoo

Bom, é isso. E aliás o que você acha disso?






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.