Fraque, Meio Fraque, Casaca, Smoking, Terno e Costume: Qual a diferença?

Os trajes mais formais geram algumas dúvidas, mas é pra isso que estamos aqui!

Fraque, meio fraque, smoking, casaca, terno, costume… São vários nomes!

E são diferentes modelos também! Pegando os trajes que muitos noivos escolhem para o casamento como exemplo (Fraque, Meio Fraque e Casaca)… Já dá pra ver que existe uma diferença entre eles nos cortes:

Mas para acabar de vez com as dúvidas, confira qual é a diferença entre cada um dos trajes masculinos mais formais:

FRAQUE

Sua origem vem da palavra inglesa “Frock”. Era o traje usado pelos cavalheiros ingleses em meados do século XVII e XIX, como uma roupa elegante para andar a cavalo durante o dia.

As principais características do Fraque são sua longa cauda (que vai até a altura do joelho) e o corte triangular na frente. As cores mais comuns para paletó e calça são o preto e o cinza. O colete normalmente é cinza ou branco.

Meio Fraque

O Meio Fraque, como o nome já diz, é igual o fraque, mas sem a cauda alongada. Continua mantendo a calça (muitas vezes risca de giz), paletó com o corte parecido do fraque e o colete (cinza ou branco).

Smoking (Tuxedo)

O “Smoking Jacket” foi criado justamente para te proteger da fumaça. A sua criação foi por volta de 1850, quando o periódico londrino Gentleman’s Magazine apresentou uma proposta do que seria um casaco ideal para quem gosta de fumar. Mas foi o Príncipe de Gales, Edward VII, que fez o traje ficar popular também durante as refeições.

Tempos depois um aristocrata norte-americano de nome James Potter teve um encontro com o Edward VII e ficou maravilhado com o Smoking Jacket, pedindo para fazer um para ele. Ao retornar para os EUA com a peça, ele começou a usá-la no Tuxedo Park Club, um clube de elite de Nova York. Os colegas acharam a ideia sensacional e também copiaram. Foi assim que o Smoking acabou ficando famoso nos EUA como “Tuxedo” (nome usado até hoje).

É o famoso traje usado quando o convite pede “BLACK TIE”. O smoking clássico é composto pelo paletó curto com lapelas marcadas em seda (ou cetim), calças da mesma cor e material do casaco, faixa ou colete, camisa e gravata borboleta.

Casaca

A Casaca parece um mix do Smoking e do Fraque. É o máximo do traje formal e é muito famoso por ser usado por regentes/maestros, pianistas e em cerimônias de grande importância.

O paletó tem uma lapela marcada, é curto na frente e tem uma longa cauda em formato de tesoura. O traje completo inclui as peças pretas (paletó, calça, meias e sapatos) e as claras: colete (branco ou cinza), camisa e gravata (geralmente branca).

Costume e Terno


Esses são os trajes sociais mais usados, mas que muitos ainda não sabem a diferença nos nomes.

Normalmente usamos essa fórmula para explicar a diferença:

TERNO = Paletó + Colete Social + Calça Social.
COSTUME = Paletó + Calça Social.

Bem simples, não? Se tem paletó, calça e colete social na composição, é um Terno. Se for somente o paletó e calça social, deixando o colete em casa, trata-se de um Costume.

Agora você já conhece os principais trajes formais masculinos!

36 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 10 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.
Post criado 2923

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
7 Melhores Perfumes Árabes Masculinos 10 sobrenomes que indicam que seus ancestrais eram Egípcios CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados