A COVID-19 rachou a moda no meio

coronavirus-china

Nunca o medo rondou tanto as nossas vidas. Incertezas de sobrevivência ou de sobrevivência dos nossos familiares. Desejo imediato de volta à normalidade da rotina. Uma maior interação com os familiares, devido ao isolamento. Uma digitalização quase que forçada de muitas coisas. A busca da espiritualidade como forma de não pirar. Ansiedade, estresse e outras preocupações rondando a mente.

Em meio a todo esse processo que estamos vivendo, a moda tem sofrido transformações diárias que nos permitem trazer um panorama diferenciado a cada semana e são necessárias atualizações constantes para entender bem ou, pelo menos começar a entender, o processo pelo qual estamos passando.

Houve uma secessão na moda. Primeiro todo mundo achou que as coisas iam mudar de vez. Agora vaiiii! As pessoas iam dar mais atenção a valores, ao próximo, e ao meio ambiente. Iam consumir menos, com mais consciência e o necessário.

A empatia estava no ar, vamos produzir máscaras álcool em gel, ajudar aos mais necessitados fazendo doações e voltando nossos olhares para essas comunidades precisavam de mais atenção pelo estado de carência.

alcool-em-gel

O mundo permanecia em alerta. Todos na sua casa. Isolamento total. Lockdown, E uma esperança no ar. Até que a China se abre com as devidas ressalvas. Mas ok, seria o primeiro comércio do Mundo a reabrir e como as coisas iriam se comportar? Todos olhares para o berço da COVID-19.

Pois é, o primeiro dia de venda da Hermès nos deu um panorama bem diverso daquele que imaginávamos viver. Será que as coisas iriam realmente mudar? E a moda hein? Prima rica da sociedade e dona da pompa, do luxo e do glamour. Hummmm! Vocês acham mesmo que o consumidor após tudo isso daria mais valor ao ser que ao ter?

Muitos especialistas preveem exatamente ao contrário. Eles dizem que vai acontecer um revenge buying, que é exatamente o oposto da proposta anterior. O consumidor ficou tanto tempo preso, sem poder sair ou consumir que vai querer compensar o tempo perdido e vai sair comprando tudo que pode e tem direito por ai.

Estamos no meio do fogo cruzado, do ter e do ser, yin yang, do certo e do errado. A dualidade na moda paira no ar.

zara-franca-aglomeracao

Não dá para saber ainda como as coisas vão ficar e, embora, tenha muita gente dizendo todo processo deve ser permeado por propósitos; a ida ao encontro de uma finalidade maior (que seria a mudança do meio que o permeia); busca por valores; muito mais reaproveitamento (upcycling, reciclagem e brechós); sustentatibilidade e assim vai…

Muitos cool hunters diziam isso e pregavam que muitos processos já pré-estabelecidos na moda iriam se acelerar. A moda deveria ser utilitária, relevante e com responsabilidade social, porém. Será? Será mesmo? Que depois que tudo isso passar as coisas vão mudar ou é conto de fadas?

Pode ser que semana que vem voltemos aqui e digamos. Tudo mudou ou nada vai mudar. Por isso, estamos fazendo esses relatórios semanais, até com o propósito de registrar tudo que estamos vivendo. O que vocês acham?

Do leitor que se informa por aqui até o mais renomado acadêmico em moda? Gostaríamos de aprender mais com os comentários de vocês também. Deixem aqui a opinião de vocês, mas, por favor, com embasamento!

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 498

Um comentário sobre “A COVID-19 rachou a moda no meio

  1. Eu acredito muito nessa teoria do “revenge bullying”, acho que quando as pessoas finalmente puderem sair para comprar elas vão em peso, como aconteceu, por exemplo, em um shopping que abriu no sul do Brasil recentemente…e essa foto da Zara também diz muita coisa.
    Por mais que haja um movimento de slow fashion rolando, acho que ainda vai demorar pra isso de fato ser uma realidade e as pessoas comprarem menos ou comprarem de forma mais inteligente.

    Adorei o texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
Coisas “Femininas” Que Os Homens Estão Usando 5 Dicas Para Parecer Mais Velho Gel, Cera, Pomada, Spray: Qual usar? As tribos e estilos do TikTok A importância de ter um ícone de inspiração!