Criado em 1935 pelo velejador Paul Sperry, o Top-Sider foi inspirado no universo náutico. Ao caminhar pelo convés de seu barco, Sperry percebeu que era escorregadio e começou a pensar em um jeito de evitar possíveis escorregões. Foi assim que nasceu o primeiro Top-Sider. O sapato rapidamente se tornou popular entre os velejadores pela característica antiderrapante do solado e por sua cor branca, que o impedia de sujar os barcos. Em 1939 a Marinha dos EUA negociou o direito de fabricar o modelo para os marinheiros e depois disso o sapato passou a ser comercializado em todo o país ganhando também o mundo.

Esse tipo de calçado é uma ótima opção para o verão porque consegue unir 3 itens: conforto, estilo e refrescância.

Lembrando que o ideal é o uso do calçado sem meias, ou usando uma meia fina colorida para fazer alguma brincadeira com a cor do calçado.

Um jeito bem bacana de usá-los é com a barra da calça dobrada, deixando uma parte da canela à mostra.

E para quem ainda tem receio de usá-los, saiba que eles combinam perfeitamente com todos os tipos de look e podem ser usados com bermuda, calça jeans, calça colorida, shorts e muito mais.

Confira alguns looks usando o Top-Sider:

Fica a dica de um calçado que todo homem tem que ter no armário.

Eu já tenho 3, de cores diferentes, e posso confessar que é sensacional.






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.