Relógio Rolex: Tudo que você precisa saber antes de comprar o seu!

No mundo atual, onde qualquer um pode pegar seu smartphone para verificar a hora ou conferir num smartwatch cheio de recursos, muitos podem achar que um clássico relógio de pulso analógico ficaria fora de moda. No entanto, o oposto provou ser verdade!

O Rolex é um bom exemplo disso! É o relógio mais famoso e cobiçado por homens de todo o mundo.

E se você está pensando em comprar um Relógio Rolex, separamos tudo que você precisa saber:

A história do Rolex

A Rolex foi fundada por Hans Wilsdorf. Em 1905, aos 24 anos.

Tudo começou em Londres, quando ele abriu uma empresa especializada na distribuição de relógios. Ele já vislumbrava as vantagens de usar um relógio no pulso. Mesmo sabendo que a precisão desses relógios precisava ser melhorada, Hans Wilsdorf tinha certeza de que poderiam se tornar não apenas elegantes, como também confiáveis.

Para convencer o público que seus relógios inovadores eram altamente confiáveis, ele equipou-os com mecanismos extremamente pequenos e precisos, produzidos por uma manufatura de relógios sediada em Bienna, na Suíça.

A empresa mudou-se para Genebra, cidade de renome internacional por sua tradição relojoeira, quando a Montres Rolex S.A. foi registrada em Genebra em 1920.

A criação, em 1926, do primeiro relógio de pulso impermeável e resistente à ação da poeira foi um marco na história da Rolex. Batizado de “Oyster”, este relógio estava equipado com uma caixa hermeticamente fechada, garantindo a proteção otimizada do mecanismo.

Atualmente a Rolex fabrica anualmente cerca de 2 milhões de relógios e tem sede em Genebra. É detida pela Fundação Hans Wilsdorf, também detentora da Tudor, sendo amplamente conhecida como a maior marca de relógios do mundo.

Quanto custa um Relógio Rolex?

A primeira coisa que você precisa entender é que o Rolex é um relógio de luxo. E a linha de relógios da Rolex é bem ampla, indo dos mais básicos até os mais exclusivos (que só são vendidos em leilões).

Um relógio novo da Rolex, num modelo clássico, custa em média R$30 mil.

Mas é como a própria marca diz, “é um relógio para a vida inteira”.

Aliás, é um relógio que, normalmente, passa de pai pra filho.

Onde compro um Rolex?

Existe muita falsificação do relógio em todo o mundo. Portanto, se você quer comprar um relógio novo, o mais indicado é buscar lojas que são oficiais da Rolex ou distribuidoras oficiais (você consegue consultar no site).

Também existe a opção de comprar um Rolex no mercado de segunda mão. E isso é uma boa ideia pra quem quer ter o relógio de luxo sem precisar estourar a conta bancária.

Você consegue encontrar o relógio em brechós de luxo ou mesmo em sites especializados.

É lógico que você vai ter que ser mais rigoroso e colocar mais atenção nesse tipo de compra, pra evitar escolher um modelo falsificado… Mas existem sites que são bem seguros nesse sentido. E também é importante lembrar que não existe Rolex barato. Se ver um relógio por menos de R$1.000,00, com certeza é falsificado.

Usando o Rolex pela primeira vez

Antes de usar seu Rolex pela primeira vez, ou caso ele tenha “parado de funcionar”, é preciso dar corda manualmente para que o relógio possa funcionar de maneira correta e precisa. Para dar corda manual ao relógio, desaperte a coroa, em seguida gire-a várias vezes no sentido horário (no sentido contrário não irá funcionar).

É preciso dar pelo menos 25 voltas para obter uma “carga” parcial adequada. Quando terminar, volte a rosquear cuidadosamente a coroa na caixa para garantir a impermeabilidade. A partir de então, a corda será dada automaticamente, graças aos movimentos do pulso.

Quando um Rolex é usado diariamente, não há necessidade de dar corda. Se você tirar o relógio do pulso e guardá-lo, a “carga” será armazenada durante pelo menos dois dias ou mais, dependendo do modelo. Porém, se não for usado durante um período prolongado, o relógio para. Nesse caso, ao ajustar a hora, você precisa dar corda manualmente antes de colocá‑lo no pulso.

Cuidados com o seu Rolex

O relógio Rolex requer pouquíssimos cuidados diários. Para ajudar a manter o brilho, limpe-o periodicamente com um pano de microfibra. Você também pode lavar a caixa e a pulseira periodicamente com água e sabão e uma escova macia. Antes de limpar seu relógio, certifique-se sempre de que a coroa está adequadamente rosqueada na caixa, para garantir a impermeabilidade.

A água não causa nenhum tipo de dano aos relógios Rolex, nem mesmo a água do mar. Todos os Rolex são impermeáveis até pelo menos 100 metros para os modelos Oyster Perpetual e 50 metros para os modelos Cellini. Tudo o que você precisa fazer depois de mergulhar ou passar o dia na praia é lavar o relógio com água doce para retirar o sal e a areia. Para isso, basta tomar uma ducha no fim do dia.

Para tirar mais dúvidas sobre os relógios Rolex, vale a pena conferir a área de “perguntas frequentes” do site.

E aí, você já tem um Rolex pra toda sua vida?

36 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 10 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.
Post criado 2923

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
7 Melhores Perfumes Árabes Masculinos 10 sobrenomes que indicam que seus ancestrais eram Egípcios CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados