camisa-gravata

Embora a moda hoje em dia seja cada vez mais sem gênero e peças de roupa não sejam nem para eles ou para elas. Todo mundo pode usar tudo. A gravata é uma peça que representa um padrão masculino.
Dos mais variados tipos: slim, borboleta ou padrão normal. A gravata já foi incorporada pelas mulheres, mas continua sendo predominantemente peça do vestuário masculino.

Sabe-se que a peça se originou na Croácia, por volta de 1600. Etimologicamente, a forma primitiva da palavra veio do eslavo ‘hrvat’ passada a um dialeto alemão ‘Krawat’“.

Na Revolução Francesa, a cor da gravata indicava a sua ligação partidária e política.

Tipos de gravata

Gravata

Basicamente temos 3 tipos de gravata: borboleta, slim e tradicional. A tradicional normal já esteve muito em alta, mas hoje o que predomina é a slim. Já o modelo borboleta ficou restrita a certas ocasiões mais formais com smokings, porém tem aparecido em visuais mais descolados, dando um ar vintage e ao mesmo tempo descolado.

Regras básicas para o uso da gravata

gravata

Você sabe qual é a altura que a gravata deve ficar? A ponta da gravata deve estar no meio do cinto.

A seda é o tecido ideal para uma gravata impecável pela qualidade do tecido e pelo caimento.

O tecido do forro também importa e deve combinar com o tecido da frente.

Elas devem ser guardadas enroladas para não esticarem e só devem ser lavadas e passadas em último caso.

Evite lavá-las.

A gravata slim está na moda, porém a largura da gravata varia de acordo com estilo, ocasião e biotipo físico.

Os gordinhos devem evitar gravatas slim. Já os baixinhos evitar gravatas de listras horizontais porque elas achatam o biotipo.

Prendedores de gravata

altura-prendedor-gravata

Os prendedores de gravata devem ficar 20 centímetros da ponta da gravata, debaixo para cima, ou melhor, entre o terceiro e o quarto botão da camisa. O prendedor não pode ficar muito perto do nó da gravata.
Os prendedores são usados em ocasiões formais, como almoços corporativos, reuniões de trabalho e jantares mais sociais.

Os prendedores devem ser destaque no look, por isso deve combinar com relógio e outros metais, como pulseiras e correntes. A mistura de metais é permitida, mas não em ambientes formais. Logo, aqui é melhor manter a linha de tudo igual.

Como combinar a gravata dentro do look

jaqueta-jeans-camisa-gravata

Primeiro temos que definir nossa peça-chave, ou seja, a principal. Ela pode ser a própria gravata, a camisa ou o costume. Dependendo do seu ponto de partida é como fará as combinações, lembrando que a camisa sempre deve ser sempre mais clara que a gravata, exceção camisa preta com gravatas claras.

Gravatas lisas, escuras e sem estampas são mais formais. Se você optar por estampas como poas, xadrezes e quadriculados. Quanto menor a estampa, melhor.

As gravatas não precisam combinar com o look, utilize o círculo cromático. Se quiser combinar.

Procure mesclar estampas pequenas com estampas grandes, por exemplo: Camisas com detalhes pequenos com gravatas com detalhes grandes. Camisas com listras largas combinam com detalhes pequenos. Risca de giz combina com gravata xadrez e listras diagonais.

tabela-combinacao-gravatas

E ai você usa gravata para trabalhar? É advogado, político e empresário? Pronto para usar corretamente esse item masculino e tão formal?






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.