Cropped Masculino no SPFW

Quem acompanha o nosso instagram (@modaparahomens) deve ter visto que hoje postamos essa foto de dois rapazes que nós flagramos no SPFW usando o polêmico Cropped Masculino.

Vale lembrar que essa semana mesmo eu fiz um post mostrando que essa peça, que está tentando voltar à moda, já foi tendência há muito tempo entre os homens.

cropped-homens

Homens já usavam cropped faz tempo!

Mas o que eu já esperava aconteceu… Começaram a surgir centenas de comentários cheios de preconceitos e até com um toque de homofobia.

Vale a pena conferir o post e ler os comentários! (tome uma água com açúcar antes)

Já tem uns caras usando cropped no #SPFW!

A photo posted by Moda Para Homens (@modaparahomens) on

E é isso que eu acho o mais maluco da moda masculina, que é bem diferente do universo da moda feminina. Um homem que resolve brincar com a roupa, certamente, irá sofrer algum tipo de preconceito. E geralmente irá para o lado sexual, dizendo que ele é GAY. (como se fosse um problema)

Porra, quer dizer que o que um cara veste reflete a sexualidade dele?

Eu queria entender qual é a lógica desse preconceito que existe nos homens brasileiros.

diploma-de-gay

Aliás, vale a pena fazer uma pequena análise etimológica da palavra PRECONCEITO:

A palavra preconceito é formada pelo prefixo latino “pré” (anterioridade, antecedência) mais o substantivo “conceito” (opinião, reputação, julgamento, avaliação). O preconceito é, portanto, o conceito formado antes de se ter os conhecimentos necessários. É a opinião formada antecipadamente, sem maior ponderação.

russell-brand

Um cara que eu acho que reflete bastante essa brincadeira com a moda masculina é o Russell Brand, que já pegou várias gatas e foi ex da Katy Perry. Se ele morasse no Brasil, certamente, já teria apanhado na rua por parecer ser “gay”.

Você acha isso normal? Eu acho uma doença.

Eu já sofri diversas vezes o preconceito, principalmente quando resolvi brincar com a moda. Na minha época de cabelo comprido então, cansei de ser xingado na rua ou nas “baladas de hétero”.

guicury-color

Para mim um homofóbico não deve ser só preso, mas também tratado. Ele é um doente! Sim, doente! Ele consegue criar um conceito sobre algo que ele nem tem a certeza de que é verdade. E sua reação quanto a isso é xingar ou, no pior dos casos, querer partir para a violência.

Eu vi em um site GLS essa imagem de uma campanha que mostra como até os héteros estão sofrendo com a homofobia violenta:

campanha-heteros-confundidos-com-gays

Hétero, Gay, Bi, Pan, etc. Não importa, somos todos humanos.

Você teve raiva desses 2 rapazes de cropped do início do post? Vai se tratar!






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Guilherme Cury
30 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.