Camisa Branca Masculina: A peça de todo homem

Multifacetada, curinga, com N opções de combinação, estilo e variação. Essa é a camisa branca que ao lado do jeans, formam a base da moda. E, independente, da sua idade, do seu estilo ou do seu biotipo você não vai conseguir escapar dela. É inevitável. Todo homem certa vez na vida terá de usar uma camisa branca.

A chave para se criar outfits pode estar nos detalhes que uma simples peça pode oferecer. Seja com jeans, calça social ou bermuda. Atenção, embora pareça simples, a peça comporta variações. E aí pode estar a pegadinha que pode atrapalhar o seu look todo.

Dicas para escolher a camisa branca ideal:

Sinta na pele um bom tecido

Tão natural quanto a luz do dia são os tecidos que você vai escolher para sua camisa. Fibras naturais transpiram mais e sempre preferimos o algodão (egípcio, pima ou padrão), com trama que transmita aspecto de liso, sem brilhos, sem eleavações ou padronagens.

A fórmula do caimento adequa-se aqui.

Atenção às costuras. Use sempre roupas do seu tamanho. Se você tem dificuldades com as costuras, valha-se de um bom alfaiate ou de uma costureira. A barra da camisa deve ter tamanho suficiente para ser usada por dentro da camisa, sendo que o comprimento ideal é 4 dedos acima do bolso da calça.

As barras retas ou levemente arredondadas devem levar preferência na escolha, pois caso a barra venha a subir, se ela for reta subirá por inteiro, ao contrário, das redondas, cujas laterais expõem o corpo antes da parte da frente e de traz. O que muitas vezes faz com que o homem não perceba que a camisa está para fora, mas em parte. É claro.

Pensando com os -ou nos- botões.

Botões escondidos, de cor escura ou duplos devem ser evitados. Pensando com os meus botões, lembre-se os botões devem ser discretos, claros e que combinem com a peça.

Os detalhes fazem diferença até o pescoço.

Possuímos 3 tipos de colarinho: francês (clássico), inglês, italiano e americano. Sem muitas firulas, o francês possui as pontas das golas mais fechadas, o inglês é possui pontas fechas, porém mais alongadas, ao passo que, no italiano, as pontas das golas ficam abertas e as golas são mais curtas. O colarinho americano é bem despojado, possuindo botões nas golas.

Como dissemos lá em cima, queremos uma peça versátil, que passeie no social e no casual. Logo, o colarinho não deve ser nem muito formal nem muito casual. O americano é extremamente casual e o italiano muito formal, ideal para quem usa gravata, sendo o francês a opção intermediária, logo a ideal para a sua pedida.

E o bolso?

O ideal é optar por peças sem bolso e na modelagem slim, pois a peça te dará uma gama maior de possibilidades.

Deu branco? Então passa no MPH para conferir as dicas para usar camisa branca.

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 803


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados Dicas de looks masculinos para o Natal PERFUMES MASCULINOS AFRODISÍACOS