Sustentabilidade: Para onde a moda está indo em 2022

Em 2021, durante a COP26, a indústria da moda se comprometeu com a sustentabilidade. A inovação material acelerou e o interesse pela circularidade despertou. Surgiu uma percepção crescente de que a mudança climática é algo importante e que todas as indústrias, além da moda, devem começar a se preocupar com o tema.

Até o momento, o progresso da sustentabilidade na moda tem sido lento porque foi projetado para ser, ajustando apenas as bordas, dizem os defensores. A mudança climática e dos mares agora faz parte da conversa, mais do que antes. A eliminação dos combustíveis fósseis e o aumento dos salários dos trabalhadores, que exigem uma transformação sistêmica da infraestrutura da indústria e dos modelos de negócios, estão no topo da lista de especialistas como as prioridades mais fundamentais a serem abordadas no próximo ano.

No final do ano passado, todos os olhos estavam voltados para a COP26 e correções parciais continuaram sendo exibidas, mas também havia esperança: os líderes condenaram os combustíveis fósseis pela primeira vez e fizeram mais conexões entre clima e biodiversidade. A moda teve uma presença maior e mais abrangente do que nunca e o evento teve a maior representação indígena da história da COP.

Reprodução/Amazônia Real

A moda está caminhando para um futuro mais sustentável

Não é questão de tendência ou não. É de urgência!

A indústria da moda tem uma grande importância em todo o mundo e sabe das suas obrigações com o planeta. Sendo assim, não existe outra opção… A moda terá que se tornar sustentável.

Caso contrário, será insustentável continuarmos habitando esse planeta.

Como ser mais sustentável?

Essa é uma questão crucial para cada um de nós. Não importa em que lado da equação estejamos, é pensar sobre e compreender os efeitos das escolhas que fazemos, para que possamos fazer melhores no futuro.

Algumas perguntas para reflexão…

Você precisa comprar muitas roupas novas?

Já parou para pensar em qual a origem da peça que você usa? É de trabalho escravo?

O que você faz com as peças que não usa mais?

Costuma comprar roupas em brechós e bazares?

E uma boa para finalizar:

Que tal procurar por produtos que já são sustentáveis?

Muitas marcas já estão trabalhando com roupas, acessórios e calçados sustentáveis.

Um bom exemplo é a CONSTANTINO, que lançou uma linha ECOLAB, com calçados que são feitos de tecido composto por 50% de garrafas pet recicladas e 50% de algodão orgânico. E o solado é composto 100% por sobras de borrachas recicladas. Pra finalizar, a Palmilha Foamtech tem espuma ecológica que é biodegradável.

Eu já tenho usado os calçados da marca nos meus looks e recomendo.

Além de confortáveis e estilosos, também ajudam nessa luta pela moda sustentável!

Para saber conferir toda a linha da Constantino, CLIQUE AQUI.

36 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 10 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.
Post criado 2928

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
7 Melhores Perfumes Árabes Masculinos 10 sobrenomes que indicam que seus ancestrais eram Egípcios CAMISA MASCULINA DE CROCHÊ ESTÁ EM ALTA 7 PERFUMES MASCULINOS PARA O VERÃO Ano Novo: As cores e seus significados