homem-mulher-quarentena

Parece que o jogo virou nessa quarentena… Quem diria que os homens iam se cuidar mais do que as mulheres?

De acordo com um estudo realizado pelo grupo IPG Mediabrands, intitulado “Hábitos de cuidados pessoais durante o Covid-19”, os homens estão se adaptando melhor do que as mulheres ao estágio de confinamento, mostrando que eles estão realmente um pouco mais vaidosos que as mulheres.

fazendo-a-barba

O estudo em questão contou com a participação 457 pessoas, com 18 anos ou mais. Foram 247 homens e 228 mulheres, que responderam a um questionário digital sobre seus hábitos de higiene e cuidados pessoais durante esta fase de confinamento.

Os resultados revelaram que apenas 6 em cada 10 pessoas mantiveram sua rotina habitual de cuidados matinais, enquanto 35% dos entrevistados experimentaram novas práticas de cuidados pessoais.

74% dos sujeitos participavam de videoconferências de trabalho, o que representa um dos principais motivos para manter a aparência durante o confinamento.

home-office

Além disso, 42% dos participantes disseram que se esforçam muito para ter boa aparência, enquanto 60% preferem não ligar a câmera em uma reunião online.

Além disso, o estudo revelou que 47% dos homens se esforçam mais para cuidar de sua aparência durante o confinamento social, porque preferem se sentir e parecer melhor para participar de videochamadas no trabalho ou na escola. Por outro lado, apenas 37% das mulheres pesquisadas cuidavam muito da aparência para permanecerem positivas na situação atual. Quem diria, hein?

E a maioria dos entrevistados (64%) diz que se sentem melhor em passar o tempo aparecendo, pois isso os ajuda a ter uma abordagem positiva durante o dia. Esses resultados também apontaram que a geração X (pessoas entre 36 e 55 anos) cuidam mais de sua aparência do que a geração Y (entre 18 e 25 anos).

53% dos homens são adeptos de algum ritual de beleza

E você, está do lado de quem continua cuidando da aparência ou do que já relaxou?






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Guilherme Cury
30 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.