Erros que você não deve cometer ao usar um relógio masculino

Muitos de vocês vão achar essa matéria piada, sem valor ou patética. Um item tão simples (como é o relógio), que requer quase nada de atenção poderia mesmo ser alvo de erro?

Hipoteticamente falando seria apenas escolher e comprar o modelo que você gosta de relógio, mas as coisas não são bem assim e um relógio pode sim detonar um visual. Além de voltar toda a atenção para ele, pode se destacar e, pior, de forma ruim.

E são coisas tão simples, mas que não prestamos atenção, porém fazem uma baita diferença.

Não prestar atenção na caixa do relógio

Caixa para quem não sabe é a parte onde vemos a hora. Tem a pulseira e a caixa. Relógio é igual roupa, ele possui tamanho. O maior erro que se vê são homens que adoram relógios enormes, com caixas gigantes. E literalmente não rola, fica parecendo um power ranger que quer “morfar”.

Como saber o tamanho de caixa ideal para o seu pulso?

Simples, ao olhar para o relógio, de cima para baixo, já no seu braço, a caixa sobrará um pouco de pulseira, ou seja, o diâmetro da caixa não cobrirá todo o seu pulso, aparecendo um pouco da pulseira.

Usar qualquer relógio em qualquer ocasião

Hoje em dia o relógio perdeu a função de mostrar as horas, podemos ver no celular. Aliás, mais fácil alguém ter um celular que um relógio. E, por isso, tornou-se um item supérfluo. O ideal seria ter um para cada ocasião. Tudo bem que a gente entende que não dá. A grana tá curta. Quem pode já sabe né.

O ideal é ter uma peça que combine com as mais variadas ocasiões. No caso, ter um relógio esportivo para ir à academia, outro para trabalhar e outro para um coquetel.

Usar o mesmo relógio sempre. Não dá. A menos que você identifique seu estilo (por exemplo, esportivo) e só fique naquele mesmo ambiente. Por isso, separamos os relógios de acordo com os materiais para vocês terem e onde usá-los:

Aço, Couro, Tecido e Borracha: Geralmente conversam bem pra looks mais casuais;

Aço, Couro e Silicone: Para um visual mais street;

Couro e Tecido: Pra uma pegada retrô de estilo, já que puxam um lance mais rústico;

Pulseiras de Aço e Couro: Pra visuais mais alinhados, já que são materiais realmente mais nobres e refinados.

Não ajustar o relógio

O relógio é mais item de prêt-à-porter (ready to wear), ou seja, é igual a roupa que é feita padronizada. Eles não são feitos sob medida. Você os compra no tamanho que a loja oferece. E se eles não forem de borracha e tecido, podem e devem ser ajustados.

Relógio sambando no braço não dá, por isso a retirada dos gomos da peça com auxílio de um relojeiro, faz-se necessária, pois o diâmetro da pulseira pode ser muito grande para o seu pulso.
O relógio tem de estar perfeito com o seu pulso.

Olha, para falar a real, para mim isso tudo que a gente falou é até meio tonto de tão simples, mas para você pode não ser e isso faz uma baita diferença né

Diogo Rufino Machado

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.

Deixe seu comentário:

Posts recentes

Valentino lança hoodie para incentivar a vacinação

O diretor criativo da casa italiana Valentino, Pierpaolo Piccioli, usou suas redes sociais para ressaltar…

% dias atrás

Celebridades não estão tomando banho todos os dias… Será que é uma boa?

Para, para, para... Para, para tudo...  Apaga a luz, apaga tudo... Com a recente afirmação…

% dias atrás

Fortnite & Balenciaga: Personagens do game usarão roupas da grife

Moda e Games estão sempre caminhando juntos. Tanto é que vários jogos conseguiram criar uniformes/looks…

% dias atrás

Como lavar roupas pretas e evitar o desbotamento

Todos conhecemos as vantagens de roupas pretas (ou de cor escura). Cores escuras nos fazem…

% dias atrás

5 Tênis Masculinos Bons, Bonitos e Baratos

Se tem uma coisa que todo mundo curte é um pisante da hora, mas anda…

% dias atrás

Inspiração: Usando bonés

O boné é um acessório que complementa um look, trazendo um estilo urbano e jovem…

% dias atrás