terno-azul-pastel

A gente espera que o nosso leitor já saiba a diferença entre terno e costume, mas só para frisar:

Terno = Paletó + colete + calça social

Costume = paletó + calça social

Óbvio que isso é só para dar ênfase na diferença (presença do colete), pois para compor o look ainda temos camisa, cinto, meia, cueca e sapato social, ok?

Poxaaa, eu vejo tanta gente falar que ama o verão. Eu também amo. Na praia, na piscina, no barzinho, no rolê… De short, camiseta, chinelo… Com água de coco, cerveja ou churrasco… Qualquer um ama.

Agora eu quero ver ter que sair de social todo dia, ou seja, no mínimo de costume para trabalhar (gente, infelizmente muitas vezes não conseguimos escapar de trajes assim. Advogados como eu e outras profissões exigem essa formalidade!) ou ir a um evento de terno (no caso de noivo de casamento, formando ou baile de debutante), o bicho pega mesmo se tiver ar condicionado. Sabe por quê?

Não é em todo lugar que tem ar. Na rua, na porta do evento ou no próprio evento. Mas como fazer, então, para manter a linha, sem suar em bicas, se amassar, derreter e tudo mais?

Se não tem jeito, vai ter de botar costume, então vamos pelo menos minimizar o início do inferno aqui na terra. E com 3 dicas importantes você já consegue aliviar a suadeira: tecido, cor e design da peça.

Quem não faltou à aula de física, sabe que cores claras são mais indicadas durante o dia.

ternos-para-verao

Sabe aquela aula de ótica que você pensava: “eu não vou usar isso para nada”. Pois é, vamos usar agora nas cores. Cores escuras absorvem mais calor, por isso devem ser evitadas durante o dia.

Ternos e costumes preto, azul-marinho e cinza escuro devem ser usados durante à noite ou no inverno. No verão, dê preferência às cores claras. Bege, azul claro ou cinza claro são mais indicados para o verão. A absorção de calor será menos intensa e com isso a sua sensação de conforto melhorará.

No tecido mora 50% dos seus problemas com o calor!

homem-terno-quartzo-rosa

A maioria dos ternos ou costumes baratos têm poliéster na composição, que resumindo é plástico e esquenta para burro. Sabe aquela frase: “o barato sai caro”? Então, ternos ou costumes em poliéster são mais baratos, amassam menos e duram mais, mas quando o assunto é pega-pega e quem está fugindo do calor é você, prefira peças em tecidos naturais: linho, lã fria ou 100% algodão (o mais ideal), pois tecidos naturais transpiram mais e permitem que o calor se dissipe (que não fique ali te esquentando).

Faz uma puta de uma diferença e você ficará bem mais suave.

Forro só se for de mentira!

look-social-terno-azul-calcado-marrom

Sabemos que muitas peças possuem forro, ou seja, um revestimento interno com outro tecido que impede o contato direto da camisa com o tecido do paletó. Isso aumenta a durabilidade da peça, pois o contato com o calor do corpo e com o suor estraga mais rapidamente o paletó. Só que tem um porém aí. Seria uma cobertura extra ao corpo e desnecessária no calor. Logo, adquirir paletós com meio forro ou forro falso é o ideal para o verão!

Nesses casos a região do abdômen não possui revestimento interno e, lógico, menos pano, menos calor.

Posso te garantir que não vai passar calor? Não. Porque depende muito da temperatura, umidade do ar, horário e também de você. Se você sente muito ou pouco calor. Transpira pouco ou muito. Mas posso lhe garantir que vai minimizar os efeitos do calor. Pense sempre: PODERIA SER PIOR, ou seja, com essas 3 dicas você vai minimizar o calor dos infernos que quem tem que usar traje social passa.






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.