terno-verao

Chegou o convite! É um convite para uma cerimônia de casamento. O que devo vestir? E agora?

Agora é com a gente. É claro! Vamos trabalhar com dicas supimpas para te deixar tão bem vestido quanto o noivo nessa data tão especial, tanto para ele quanto para você. Tanto quanto, mas menos que ele. Pois, ele é a estrela do dia!

First of all, lembre-se hoje em dia está phoda casar e fazer uma singela celebração ou uma mega festa. O casal e seus familiares só convidam os muitos especiais.

Por isso, o evento não é só especial para os noivos. Yaaaa, é para você também que foi convidado. Porque se você está na lista é porque é uma pessoa especial e que eles (noivos) sentiram que deveria compartilhar esse momento junto com eles.

Logo, se você decidir ir à cerimônia (civil, igreja, recepção aos padrinhos ou mega festa), não importa qual seja ela, saiba que você vai gastar um pouquinho com isso. Presente, gravata e roupa.

A questão da roupa é singular. Se você já tiver algo que possa aproveitar, ok. Senão terá de comprar. E, ambas ocasiões, terá de se atentar ao “dress code”.

Dress code? Dress code nada mais é que a forma como você deve se vestir para o casamento. Mas cara como saber isso? Vamos lá a alguns passos para fazer tão bonito quanto o noivo nessa data.

O convite pode ser a solução para o seu problema.

Para todo problema há uma solução. E para nós, o dress code não é um problema mas sim uma solução.

Recebi o convite na minha casa. Abra-o, leia-o e se atente às informações.

Owww mal de brasileiro que não lê! Poxa vida, o casal paga caro por aquele mísero pedaço de papel e tem gente que mal abre e lê. Deixa para ver o local no dia e a hora também. Estou mentindo?

O convite não serve apenas para dar informações sobre horário, local, número de convidados e trazer os cartõezinhos do bufê. Lá também há outras informações importantes como o “dress code”. O casal, muitas vezes, já define como quer que seus convidados compareçam ao dia.

Casamento exige um tratamento mais formal na hora de se vestir, então as opções de vestimenta restringem-se a duas basicamente:

Passeio Completo:

O traje passeio completo significa que você precisa usar costume.

Repetindo pela milésima vez, não é terno porque não tem o colete.

Costume é o conjunto paletó, camisa social, gravata, calça social e sapato.

Esporte Fino:

Embora seja composto por peças formais, permite uma maior casualidade.

O paletó pode ser substituído por blazer. A calça social pode ser substituída por uma calça chino ou jeans. E o sapato Oxford por um mocassim, dockside etc.

Além de que as cores das peças podem ser diferenciadas, mais coloridas e alegres.

calcabranca-blazer-bege

Metade dos seus problemas pode ser resolvido com uma simples leitura do convite.

Ah não veio nada escrito. Ligue para os noivos para saber como ir ou se informe com outros convidados e familiares dos noivos (pois os noivos já estarão cheios de problemas para resolver). Não precisa arrancar os cabelos. É simples.

Se você não é daqueles que “não pode ver uma vergonha que já quer passar”. Faça isso mesmo para não apresentar um look fora de contexto. Nem acima nem abaixo do esperado.

2- Peças que caem como uma luva. 

No caso da alfaiataria (ou não também. Da moda em geral!) o segredo está no caimento das peças. Pessoa que sabe quem é, tem noção do próprio corpo e só bota peças do seu tamanho, já dá o close certo.

O segredo é prestar atenção no caimento. A nossa tabuada de todos os dias é nem um número menor nem um número maior. O ajuste faz a diferença, pode apostar. Barras das calças bem cortadas e os comprimentos da manga da camisa bem como do paletó corretos são alguns cuidados que você deve ter.

Ah e a modelagem da vez é a slim em termos de alfaiataria. Não invente, tudo bem certinho e ajustado.

As lojas já oferecem serviço de ajuste na aquisição do costume. Mas se você vai repetir uma peça é bom dar aquela passadinha esperta antes na costureira ou no alfaiate para o útlimo check-up.

O destaque fica por conta dos detalhes.

Todo mundo de costume. Preto, cinza ou azul. Afinal é uma festa de pinguins?

Como se destacar em meio a tantos convidados vestidos iguais?

O costume é o primeiro passo. Corte, cor, tecido e design já o diferenciarão dos demais. Mas os detalhes farão a diferença. E quais detalhes? No restante da composição do look.

  • Preste atenção nas peças de couro que usará. Sapato em regra combina com cinto. No caso da cor marrom, admite-se variação de tonalidades. Se você botar relógio de couro, ele também deve combinar com sapato e cinto.
  • Dependendo da localização do casamento há possibilidade de se complementar o outfit com outros acessórios como lenços, chapéus e prendedores de gravata.
  • Atente-se que a meia, ou combina com o sapato ou combina com o costume, dependendo do que você pretende passar. Os mais modernos combinam com o costume, os mais tradicionais com o sapato.
  • Hoje em dia a alfaiataria está cada vez mais despojada. Logo, se você quer ser cool, pode dispensar o uso do cinto e da meia. No caso, usar meia sapatilha e deixar o tornozelo à mostra.

costume-azul

4- Esquece um pouco a moda e aposte no certo.

A cada ano, a alfaiataria vem com sugestões de cores. Azul pastel, bege, pied-de-poule e Príncipe de Gales e assim vai. Cores diferentes e outras tantas padronagens.

Preconceito algum contra as cores e padronagens citadas ou outras tantas mais. Mas clássico é clássico.

Se você quer acertar em cheio. Preto, azul-marinho e olhe lá, um costume cinza. Modelagem slim, nada de muitas firulas. Na mosca viu. As chances de você errar caem na hora de combinar com a camisa social e o sapato. Bem como chama menos a atenção.

Menos é mais em muitas ocasiões. E aqui, por favor, aposte no clássico.

As camisas devem ser sempre mais claras que as peças de alfaiataria e também que a gravata.

Atenção ao circulo cromático na hora de combinar a gravata com o restante do look para não dar bola fora.

terno-costume

Nunca mais você vai enxergar aquele convite de casamento como um problema. Não, pelo menos na forma de se vestir. Assim, esperamos. ;)

Se surgirem dúvidas, nos mandem. Mas esperamos que com as dicas dadas tenhamos esclarecido tudo e não surja mais nenhuma dúvida, pois como já dissemos o look para nós não é problema, mas sim solução.

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.