terno-verao

Exageros à parte, não sei como vocês se sentem ao usar costume no verão, mas para mim, que sou advogado, não é nada fácil. O exercício da advocacia, assim como o exercício de outras profissões, tem como “dress code” diário ou apenas em certas em ocasiões o uso do costume.

Para quem não sabe, o COSTUME é o conjunto formado pela seguinte equação: paletó + calça social. Ah, mas e o terno então? O terno seria o traje completo, incluindo o colete.

O colete raramente é visto. Se está difícil de usar o costume, imagina com mais uma peça? O colete virou peça de baile de formatura ou casamento, enfim… Vamos tratar das dificuldades aqui que uma pessoa enfrenta ao usar o costume em dias escaldantes de calor. E não precisa ser diariamente não, pode ser em um casamento, em um baile de formatura, etc.

Há pessoas que sentem menos e outras que sentem mais calor. Para ajudar, eu sou daquelas que transpiram muito e derretem em dias escaldantes. Não sei como você é, mas para qualquer pessoa não é fácil se cobrir de muitas peças em dias já quentes.

Ar condicionado no carro, no escritório ou em qualquer outro lugar, resolve e muito. Mas no Brasil não são todos os lugares, salões e estabelecimentos que estão preparados para o calor, por questões financeiras, culturais e de outras ordens.

Por isso, listei algumas dicas que irão te ajudar no uso do costume sem morrer de calor.

costume-verao

A escolha do tecido

Sim, esse é um fator que muda tudo. Não, só na escolha de um costume, mas sim na de qualquer peça de roupa do seu armário. Principalmente no verão!

Os tecidos tecnológicos a cada dia ganham mais espaço no mercado em virtude de todas as funções que eles possuem e também da praticidade na lavagem e secagem da peça, porém eles têm um fator negativo.
Os tecidos tecnológicos transpiram menos e mantêm o calor.

Logo, o primeiro passo é escolher um costume com fibras naturais. Sim, para o consumidor que não entende muito de tecidos é difícil saber identificar o tecido, porém o próprio vendedor pode e deve auxiliá-lo.

Prefira os ternos de linho ou lã fria, com gramatura mais fina.

Essa regra inclui as demais peças que compõem o outfit, como camisa e meia, que são peças que estão em contato direto com a pele e, por isso, também devem ser de um bom tecido.

look-pastel-social

A escolha da cor

Eu particularmente amo preto e terno preto, por questões de gosto (enfim não vamos entrar no mérito), mas ninguém é bobo. Todo mundo estudou óptica em física e sabe que o preto absorve a luz de todas as cores e não reflete nenhuma, ao passo que o branco reflete todas as cores, daí a comprovação científica do porquê o preto esquentar mais.

Portanto, a questão da cor faz diferença. Quanto mais claro o costume, menos calor.

A melhor indicação seria usar terno bege ou cinza claro, pois outras cores podem fazer com que você incorra a erros de combinação bem como não fiquem tão elegantes.

Tirar o paletó quando ele não for necessário

É meio óbvio e não é? Quando estamos com calor devemos retirar todas as peças extras do look, mas nem todos tiram. Principalmente, quem trabalha com looks formais, esquece ou quer manter a classe e não retira o paletó.

Se está sozinho na sala ou apenas com colegas de trabalho em situações corriqueiras e habituais, por que não tirar o paletó? Há ambientes com itens próprios para pendurá-lo, mas se você não tiver a própria cadeira já o ajudará.

Atentar-se ao pé e ao tornozelo

As extremidades do corpo: mãos e pés funcionam como o termômetro. Sentimos mais frio e calor nessas partes. Então não precisa nem ser esperto para se ligar que o tecido e a cor da meia conta muito.

Por favor, meias de algodão! Podem ser com elástico ou sem elástico. As mais sem elástico permitem que o calor se dissipe mais ainda.

Se você é cool e ousado mesmo, use meias invisíveis do tipo sapatilha, partindo para tendência mankle que é o fato de deixar o tornozelo à mostra e dobrar a barra da calça. Mas, cuidado isso é apenas para ambientes informais.

O Lenço

Esse é um item que gera muitas controvérsias. Se você vai usá-lo, atente-se à padronagem, ao tecido, à cor etc. Não bote qualquer trapo no bolso, só para tirar o calor.

Cuidado com a higiene do lenço. Além de estilo, o lenço deve ser lavado constantemente, não se esqueça. Isso para você não ficar parecendo aqueles velhos que usam uns lenços nojentos, que além de limpar o rosto para tirar o suor, ainda o usam como papel e assoam o nariz. Pelo amor, não existe coisa mais nojenta!

Por favor, nada de carregar toalhinhas. Não é jogo de vôlei ou basquete. Você está usando um traje formal e, por isso, essas toalhas não se adequam ao meio.

Se você souber usar e se atentar ao tipo de lenço, vai fazer estilo como ninguém, porque além de estar estiloso, ainda irá limpar o suor que gera má-impressão.

Essas dicas são infalíveis e ajudarão a todos que ainda têm dúvidas de como driblar nosso calor, mesmo usando o bom e velho costume.






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.