Categorias: coberturadesfileSPFW

SPFW N44: À La Garçonne

A 44ª edição da SPFW começou ontem e com ela fomos contemplados com um dos melhores desfiles da edição. Sim, arrisco-me a dizer que foi e será um dos melhores desfiles dessa temporada. Senão, o melhor.

Sem dúvidas, À La Garçonne de Alexandre Herchcovitch e seu esposo Fábio Souza já está criando uma identidade própria, com traços marcantes e que a cada edição conquistam a cena com suas características peculiares e seu jeito único de criar.

A coleção parece-se muito com as queridinhas do momento, a Vetements e a Gucci, de Alessandro Michele. Não no aspecto físico, mas sim no jeito inovador de encarar a moda, nos tipos de peças e na forma como os looks são dispostos.

No Theatro Municipal de São Paulo nós vimos que uma das características mais marcantes da marca persiste. O aspecto de brechó é visto em cores, tecidos e até no corte das peças, o que nos remete muito a Michele.

Alfaiataria + Streetwear, essa é a combinação chave de uma coleção. Mas sabe quando a gente fala aqui que as tendências europeias virão para cá? Então as calças são mais soltas, despojadas e as barras estão à mostra. A logomania chegou em caixa alta bem à La Hemisfério Norte. O trabalho manual e artesanal estão em muitas peças pintadas à mão.

Na estamparia o xadrez, o animal print e o camuflado apareceram vivos, alegres, em cores berrantes. A cartela é bem viva mesmo. Azuis e verdes bem escuros contrastam com laranjas e vermelhos chamativos.

Ah, tivemos uma bela novidade. As etiquetas ficaram à mostra porque a sensação agora é mostrar mesmo que usa a marca. Sabe a caveira da marca homônima de Alexandre? Pois bem ela ficou lá mesmo, dando espaço às cordas. As cordas estão se tornando a referência da À La Garçonne.

Uma coleção como essa não tem um destaque, mas vários. Tem muita coisa para se falar sim. Todavia, reparem nas meias que são parceria do nosso maior estilista com a Puket. Orrraaa, não são simplesmente meias estampadas. ALG está construindo uma identidade dentro do universo de meias.

A coleção toda é sucesso. Do começo ao fim vê-se um espetáculo. Confira:

O show apenas começou e já começou com pé direito por sinal.

Crédito das fotos: Ze Takahashi / FOTOSITE.

Diogo Rufino Machado

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.

Deixe seu comentário:
Compartilhe
Publicado por
Diogo Rufino Machado

Posts recentes

23 Inspirações de Tatuagens no Rosto

As tatuagens já fazem parte do visual do homem moderno. Mas de uns tempos para…

% dias atrás

Como usar Boina Masculina

Acho que todo mundo conhece a boina masculina, que é um mix de chapéu com…

% dias atrás

Overshirt Masculina: O que é e como usar

Overshirt é um mix de camisa com jaqueta. Na realidade tem formato de camisa e…

% dias atrás

A internet está transformando ‘A Grande Família’ em anúncios da Gucci e o resultado é genial

Como já falamos por aqui, a GUCCI tem criado campanhas há um bom tempo com…

% dias atrás

A importância da higienização bucal durante a pandemia

Tem sido cada vez mais pautado, principalmente depois do começo da pandemia, a importância da…

% dias atrás

5 principais erros sobre Perfumes que muitos homens cometem

Apesar de muitos homens usarem perfume diariamente, existem alguns erros que a maioria ainda comente…

% dias atrás