bones

Nem sei se a maioria dos caras liga para isso. Aliás, aproveitem e me digam nos comentários se vocês combinam o boné com o resto do look? Se ao menos se importam com o boné que irão colocar? Ou se apenas botam o boné sem se importar com nada (uso aquele que tenho e boa, foda-se o look).

Eu nunca fui muito adepto ao uso de boné, mas de vez em quando a gente usa sim, né? Seja para dar aquela estilizada no visual ou realmente para se proteger do sol. E embora eu tenha feito as perguntas acima, eu acredito que a grande maioria dos nossos leitores se preocupa com o que usam. Seja um boné, um tênis ou uma blusa. Senão não teria sentido você continuar a leitura do texto a seguir.

Combinar boné é como combinar qualquer outra peça, Inclusive já demos várias dicas de combinação aqui que se referem ao tênis, à calça, à camisa ou a outros acessórios. Enfim… Se você sabe as regras, vai perceber que elas se repetem. Mas é para você que está na dúvida que vamos reforça-las.

Todas as regras de combinação partirão das cores e da estamparia da peça, ok?

Boné com a mesma cor de alguma peça do look. 

street-style-bone2

Essa é a forma mais fácil de combinar algo. Qualquer um sabe que repetir cores ajuda na combinação e evita erros, ou seja, você escolhe um item do look (do bottom ou do top ou mesmo o tênis) e repete a cor. É muito simples.

Ao montar o look, provavelmente você já combinou as peças. Logo, se no boné você repetiu uma cor já existente, ela também combinará com o restante.

Ah, isso vale também para peças estampadas ou que contenham imagens e figuras. Você pode escolher seu boné a partir de uma cor da estampa ou de uma cor existente no desenho.

Boné com cores complementares.

bone-cor-complementar

Antes de falarmos em combinações, voltemos mais uma vez ao circulo cromático (que é aquilo circulo das cores). Todo mundo deve carregar um dele na galeria de fotos. Ele é indispensável para quem gosta de moda e se preocupa com combinações.

Cores Complementares e Análogas

Já antenados quanto ao circulo, passemos a combinação propriamente dita.

Cores complementares são aquelas opostas no circulo. Oloco, mas dá para fazer combinações entre elas?

Deve, cores complementares sempre combinam.

Então, primeiro eu monto meu look, depois eu escolho o boné. Ao escolher o boné eu vou justo naquela cor oposta a uma cor presente no meu look. Daí a necessidade de sempre se ter o círculo para consultas. Por exemplo: verde e vermelho, roxo e amarelo, azul e laranja etc.

Boné com cores análogas.

bone-cor-analoga

Cores análogas são aquelas cores próximas às cores de uma peça escolhida e tida como referência na combinação. Primeiro eu defino a cor e após eu olho as cores mais próximas. Ao escolher uma peça azul (seja uma blusa ou uma calça), irei escolher um boné em alguma das variantes de tons do azul escolhido, mas sem escolher o mesmo azul (cor idêntica).

Boné com cores neutras.

bone-cores-neutras

Há pessoas mais básicas e que não gostam de ousar nas cores. Ou que gostam de ousar muito nas cores do look e deixar os acessórios mais neutros. Logo, podem investir em peças neutras (em branco, cinza ou preto). Preto e branco geralmente combinam com todas as cores, por isso dificilmente permitem deslizes.

Boné com estampa.

bones-estampados

O boné estampado (floral, xadrez, listrado etc.) sempre é uma peça de destaque então não tem muito como ficar ousando no look. Nesse caso, em que você quer dar destaque ao boné, busque peças do restante da composição com cores discretas (senão neutras), looks com jeans ou monocromáticos e atemporais.

O segredo é um só quando te verem, devem olhar primeiramente para o boné. É aquela velha máxima: “o boné chega antes que o resto do look.”

Boné como destaque no look

bone-masculino

O boné também pode ser o acessório de destaque em um look, principalmente quando se opta por peças mais básicas no resto do look. Como é o caso do all black. Um boné colorido pode fazer toda a diferença.

Uma cor que está em alta é o rosa! Já está fazendo a cabeça de homens do mundo inteiro!

bone-colorido-look

Perceberam como é fácil? Não existe nenhum bicho de sete cabeças na hora de combinar peças. É muito simples. E aposto que agora ninguém vai botar boné na cabeça sem prestar atenção ao resto do look.






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.