cinto-masculino

A notícia não é tão animadora assim, mas lhe informo que há regras no uso dos mais variados tipos de cinto e eu, com certeza, vou te ajudar a sanar quaisquer dúvidas que existam.

Eu não imaginava que o assunto gerasse tantas dúvidas, mas gera. Volta e meia nós recebemos questionamentos do tipo ou temos o prazer (ou não) de dar de cara com uns caras usando cinto de forma errada. Seja na combinação de cores, no tipo escolhido para compor o look ou no material, a gente se depara ou com uma interrogação ou uns errinhos que muitas vezes podem passar despercebidos por baixo da camisa ou escondido pela cor, mas há. Então está na hora de deixar algumas coisas bem claras por aqui.

Antes de falar em combinação, vamos citar alguns tipos de cinto existentes no mercado e que estão em alta.

Tipos de cinto

Cada cinto é adequado para um tipo traje ou ocasião, daí a necessidade de se ter mais de um ou ao menos entender que aquele cinto pode ser (ou não) adequado para aquela ocasião.

Cinto social

cinto-social

O cinto social não deixa de ser um cinto de couro como muitos outros. Ele se diferencia pelo acabamento. Geralmente mais simples, liso e com detalhes mais finos em dourado e prata.

O cinto social é adequado para situações que requerem mais formalidade tais como trajes para festas, uso costumes ou de ternos.

Cinto de couro trançado

cintro-couro-tancado

O cinto de couro trançado já foi febre. Hoje visto bem menos por aí, mas ainda não desapareceu.

Ele é indicado para um meio termo. Compõe looks esporte fino com camisa, camiseta polo, camiseta normal com um jeans, calça de sarja e docskides, mocassins ou outros sapatos.

Cinto de couro casual

cinto-couro-casual

Repare que essa peça, assim como as demais já citadas, também é de couro, mas ela é diferente das demais. O acabamento é diferente e isso a torna mais casual. Ele é mais largo, os aviamentos não são tão finos e lapidados (trata-se de metais mais rústicos). Além de alguns modelos contarem com designs divertidos ou detalhes mais modernos.

Ele é indicado para uma pegada despojada, ou seja, combina com tudo que é informal.

Cinto de lona

cinto-de-lona-trend

Outra peça que sumiu por uns tempos, agora voltou não bem na forma de lona, mas de tecido, mais comprido, moderno e colorido. O cinto de lona ou de tecido é totalmente cool, moderno e casual. Não entra em trajes formais. Mas é o máxime do street style.

O cinto combinando com o sapato

É regra combinar sapato e cinto? Não mais, senhores.

Antigamente essa regra era imutável, mas atualmente as regras foram flexibilizadas e não necessariamente cor com cor devem ser iguais. Admite-se alteração de tons desde que seja a mesma cor. Isto é, pode ser usar diferentes tipos de marrom, desde que seja na cor marrom.

Combinar com cor com cor não está em desuso. É mais fácil e simples.

cinto-sapato-combinacao

Material próximo ao do sapato

Sabemos que usar o mesmo material tanto para o cinto quanto para o sapato é o ideal. Porém, muitas vezes nem sempre isso é possível. Logo, tente ao menos aproximar os materiais, pois facilita na harmonização.

Quando falamos nisso é óbvio que questionamentos do tipo: Putzzz, esses materiais combinam?

Coloque as peças bem próximas se você sentir que sim, use-as. Tudo vai de bom-senso. O camurça casa bem como couro, por exemplo. 

sapato-e-cinto

Acessório com o cinto 

Quem é atento à moda e gosta de combinar, pode também combinar cinto com outras peças tais como pulseira do relógio, óculos de sol, pulseiras, carteira, bolsas e chapéu.

Portanto, o cinto pode combinar com acessórios em geral.

relogio-estilo-acessorios-combo-

Sem cinto

Essa, no meu ponto de vista, é a tendência mais moderna, cool e jovem do momento. Sim, compor looks e deixar o cinto de fora. Vale fazer isso na alfaiataria também. Se você quer uma alfaiataria do tipo Pitti Uomo, com um par de sneakers bacana. Essa é a pedida do momento.

calca-alfaiataria-homem

Vamos combinar que o Mundo anda bem desregrado, ainda mais quando se trata de moda. Óbvio que a caretice da formalidade faz com que algumas regras permaneçam, esse é o caso do cinto. Mas nada muito complicado certo?

Espero que ter sanado as dúvidas e não ver mais ninguém derrapando na hora de combinar cinto.






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.