Roupas ‘femininas’ que foram criadas para homens

A maioria das roupas que usamos não tem origem no mundo da moda, mas sim nas necessidades do ser humano em um determinado momento da história. O objetivo, frequentemente, era para garantir conforto em uma determinada tarefa, seja no trabalho, na guerra ou em atividades como caça ou esportes.

Dentre essas peças, existem algumas não se destinavam ao público que as usa hoje. Muitas, por exemplo, nasceram para serem usadas ​​por homens e, com o tempo, tornaram-se exclusivas das mulheres. Outras acabaram tendo um uso unissex. E muitas, originalmente, não tinham um “gênero” e com o passar dos anos acabaram ganhando.

Meia-Calça / Legging

Na antiguidade, enrolar tiras finas de pele de animal em volta das pernas foi o primórdio da meia-calça e até da legging moderna. Esse fenômeno entrou e saiu de moda por séculos até a meia-calça de tricô começar a fazer sucesso em meados do século XVI. Já os egípcios usavam meias de tricô por volta do século IV ou V a.C… Eles as envolviam no calcanhar mil anos antes dos ingleses tornarem a peça popular.

Jules Léotard nasceu em Toulouse em 1838. Ele tentou, sem sucesso, estudar Direito. Mas a vida te deu um trapézio e meias de lã para ela entrar para a história. Ele começou a trabalhar em um circo e se tornou um acrobata mundialmente famoso ao inventar o trapézio voador, com o qual realizava feitos incríveis.

Para seus exercícios, o trapezista precisava de uma vestimenta que lhe permitisse total liberdade de movimentos nas alturas. Assim, ela passou a usar uma grossa malha de lã que causou um alvoroço monumental na sociedade do século XIX, impactada por aquela peça totalmente ajustada ao corpo.

Sapato de Salto Alto

Os primeiros sapatos de salto alto foram criados para os cavaleiros persas, para que eles tivessem uma melhor posição dos pés nos estribos durante as montadas.

E foi no fim do século XVI, quando a cultura persa se disseminou pela Europa, que os saltos altos começaram a invadir o guarda-roupa masculino. Nessa época, eles eram vistos como sinais de virilidade entre os homens. Nos séculos XVI e XVII os sapatos com saltos altos eram bastante populares entre os membros das classes mais privilegiadas. Um grande utilizador desse tipo de sapato foi o rei francês Luís XIV.

O monarca francês, para criar distinção entre nobres e plebeus, decretou que apenas membros da sua corte tinham autorização para usar saltos vermelhos como o dele.

Saias

A história da saia tem mais de 3 mil anos… É uma peça quase exclusiva do guarda-roupa feminino, mas nas civilizações antigas era usada igualmente por homens e mulheres. Assírios, Sumérios, Egípcios, Gregos, Romanos… Era um traje confortável, que permitia grande liberdade de movimentos. Porém, já existiam diferenças refletidas no comprimento da vestimenta, geralmente curta para os homens e longa para as mulheres.

Kilt, a saia masculina

Tradicionalmente enroladas pela cintura e depois jogada por sobre o ombro esquerdo, eram confeccionadas com lã Tartã e utilizadas por guerreiros e batedores dos clãs.

Além disso, cada clã possuia o seu próprio tartã (padrão), era isso que diferenciavam uns dos outros. É um traje típico das Highlands escocesas. No início do século XVIII uma versão menor passou a ser adotada, que é mais parecido com as que são usadas hoje. Devido a sua origem, muitos povos de raízes celtas também usam Kilts, como os irlandeses, galeses e os córnios.

E aí, sabia que essas peças eram “masculinas” antigamente?

Guilherme Cury

34 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 10 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.

Deixe seu comentário:

Posts recentes

CBD: Cosméticos à base de Cannabis são a nova tendência do mercado

Produtos à base de Cannabis já são uma realidade em todo o mundo e estão…

% dias atrás

Cortes de cabelo que devem ser evitados no mundo corporativo

Quando você está em uma reunião de negócios ou vai participar de uma entrevista ou…

% dias atrás

Valentino lança hoodie para incentivar a vacinação

O diretor criativo da casa italiana Valentino, Pierpaolo Piccioli, usou suas redes sociais para ressaltar…

% dias atrás

Celebridades não estão tomando banho todos os dias… Será que é uma boa?

Para, para, para... Para, para tudo...  Apaga a luz, apaga tudo... Com a recente afirmação…

% dias atrás

Fortnite & Balenciaga: Personagens do game usarão roupas da grife

Moda e Games estão sempre caminhando juntos. Tanto é que vários jogos conseguiram criar uniformes/looks…

% dias atrás

Como lavar roupas pretas e evitar o desbotamento

Todos conhecemos as vantagens de roupas pretas (ou de cor escura). Cores escuras nos fazem…

% dias atrás