espinha-no-peito

Espinha em qualquer lugar no corpo não é legal. Seja na cara, no peito, nas costas ou até na bunda. Incomoda, dói e é feio. Então vamos desenrolar bem como eliminá-las e ficar com aquele corpo bonitão, porque além de tudo elas podem manchar a pele se expostas ao sol.

Antes de querer tratar ou combater as espinhas, temos que ir à causa e entender o porquê elas aparecem e de onde surgem. Espinha em qualquer lugar no corpo tem as mesmas causas: excesso de oleosidade, células mortas depositadas e quantidade excessiva de bactérias.

No peitoral não seria diferente, tanto da mulher quanto do homem, certo? Certo. Só que tem um detalhe aí. O homem transpira mais e, em decorrência disso, produz muito mais oleosidade, deixando a cama pronta para a proliferação de bactérias. Isso aumenta as chances dos caras terem mais espinhas que as minas.

Só tomem cuidado para não confundir alhos com bugalhos, pelos encravados se assemelham com espinhas. Ah, e o (os) tratamento é(são) totalmente diferentes, então se atentem.

Vamos às causas (fatos geradores) das espinhas:

A forma como você higieniza sua pele diz muito sobre você.

sabonete

Assim espero que todos tomem banho e usem sabonete, mas no caso da pele acnéica é preciso mais. O cuidado com o sabonete é essencial. E aí foi que Adão comeu a maçã e pecou.

Os caras cagam, na maioria das vezes, para o tipo de sabonete que usam. Pronto. Já deu o primeiro passo para se ter uma pele acnéica, pois esse sabonete pode obstruir seus poros ou aumentar a oleosidade ou, o contrário, a porra do sabonete resseca tanto que dá aquele efeito rebote. Para combater o ressecamento a pele produz mais e mais óleo ou sebo. É aquela pele com aspecto de sebosa.

Buchas e escovas velhas podem conter restos de células mortas, bactérias e fungos e, ao serem passadas na pele, aumentam ainda mais a proliferação de organismos e, consequentemente, mais espinhas na pele.

Use sempre sabonetes específicos com enxofre, zinco e o mais indicado: ácido salicílico.

Tem dois que eu gosto muito que é o Actine e o Effaclar, mas só de você usar qualquer um de sua preferência, sua pele já vai melhorar.

A sua farmácia está na sua mesa.

prato saudável

Nós somos o que comemos, Todo mundo sabe disso. Nada contra aqueles que só comem gorduras insaturadas. Sorvete, lanche, refrigerante… São bons sim e eu como. Mas tudo que é em excesso faz mal e traz consequências como doenças, obesidade e espinhas.

Alimentos processados, enlatados e excesso de açúcar são causadores de acne.

Suplementos e anabolizantes são um prato cheio para espinhas.

#WishList para a academia

O pessoal da academia que se cuide, pois corpo bonito exige além de esforço físico, alimentação rígida e suplementação, quando os marombas não caem na tentação de usar anabolizantes.

Há suplementos que aumentam os níveis de açúcar no organismo (malto, whey, massa) e consequentemente aumentam o número, ou contribuem, para o surgimento de espinhas.

Já os anabolizantes que contém testosterona também dão espinha porque é o hormônio que produzimos especialmente na adolescência.

A roupa que você usa interfere muito na sua pele. 

camisa-linho

Por questões econômicas, ambientais e de durabilidade, nem todas as peças são lavadas após o uso. É onde fode o barraco. Roupa suja em contato com a pele aumenta a proliferação de bactérias e o resto você já sabe.

Tecidos sintéticos e cores escuras esquentam para burro, logo você sua como um camelo e deu merda de novo: oleosidade e espinha.

Por isso, nada como fibras naturais, leves e cores claras que permitem a transpiração da pele e esquentam menos.

Os Jhonys Bravos da vida que se cuidem. Usar peça muita apertada mostra os músculo sim, mas faz com que o tecido fique diretamente em contato com a pele e isso pode aumentar a proliferação de bactérias (como já dissemos acima). 

Se nada resolveu, é caso medicação.

roacutan

Vejam bem, iniciamos a matéria dando várias dicas, mas saibam que desde sempre queremos que vocês passem pela consulta de um dermatologista, tudo bem?

Sempre. Pois, eles vão indicar os melhores produtos e chegarão ao cerne do problema.

E quando a coisa é feia não tem jeito, só com remédio. O mais utilizado sempre é o Roacutan.

Não queremos nenhum de nossos leitores sendo chamados de Chokito, roseira ou espinhento. Vamos nos cuidar. Tratar das espinhas é higiene, saúde e beleza. Pense nisso!






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.