Gynecomastia-FAQ

A “tetinha masculina”, conhecida como “ginecomastia”, é um dos maiores incômodos que muitos homens sofrem. Acho que depois do pinto pequeno e da calvície, está bem ali. Segue causando estragos, gerando apelidos, fomentando o bullying e permitindo a zoação.

Não é fácil não para quem tem. E segundo estudos, elas ocupam lugar de destaque em 40 % dos peitos masculinos. Nossa, até dói pensar! E ninguém gosta, né?

Então vamos ajudar você a melhorar a sua aparência nessa região e não pagar peitinho quando tirar a camiseta ou não ficar com o farol aceso quando estiver com blusa. Sai dessa vida.

Ah, mas por que acontece isso comigo? Nem sou mulher.

Geralmente, a tetinha masculina é consequência de 2 fatores: falta do hormônio masculino no organismo (testosterona) e acúmulo de gordura (se você botar a mão, dá para sentir que é só gordura na região).

Se isso está acontecendo contigo e te gera um desconforto, vamos te ajudar com algumas diquinhas básicas para mudar esse panorama. Outra coisa, só um porém aqui. Antes de adentrarmos nos métodos, convém lembrar que há casos que precisam da ajuda de um especialista, no caso um médico.

Esses casos de ginecomastia geralmente só são resolvidos com cirurgia.

Mas bora lá conferir as dicas então:

Você é o que você come.

Alimentação saudável

Comer alimentos industrializados, gorduras (trans) e fast foods podem causar sim o acúmulo de gordura na região. Cada organismo reage de uma forma. Uns ficam gordos, outros não. Outros acumulam gordura nessa região. E há aqueles que são um pau de vira tripa (não acontece nada).

Logo, o primeiro passo é uma boa alimentação.

Uma alimentação balanceada com frutas, verduras e legumes é o começo de tudo.

Para melhorar essa região você pode adicionar uma alimentação com produtos ricos em testosterona, como: alho, gengibre, atum, leite desnatado, gemas de ovo, feijões, amoras, ostras, marisco, carne vermelha, vegetais crus etc.

E aquela cervejinha do final de semana nem pensar viu. Porque ela também causa acúmulo de gordura na região.

Sem exercício, sem corpo definido. 

look-treino-malhar

70% é alimentação, os outros 30 são a prática de exercício físico. Só comer alface e tomate com a bunda no sofá não dá. Tem pessoas que com o simples emagrecimento já eliminam a tetinha masculina, ou seja, a simples prática de quaisquer exercícios já irá ajudá-lo.

Óbvio que quem quer perder peso tem que dar aos exercícios aeróbicos.

A prática de exercícios então já irão mudar todo esse panorama, mas se o problema é peitoral. Por favor fazer exercícios específicos para o peito, né irmão, como flexão, crossover e fly. Não entendo muito disso, mas um profissional de educação física irá te auxiliar.

Esses exercícios são muito básicos e você encontra esses aparelhos em qualquer academia próxima a sua casa. Então, sem desculpas.

O que falta no organismo, a gente suplementa. 

suplementos

A gordura pode ser combatida de duas formas: alimentação e exercícios. Agora se o problema é falta de hormônio, não tem jeito. A gente vai ter que suplementar isso. E o melhor é que isso seja de uma forma simples e natural.

Esses suplementos naturais são facilmente achados na internet ou em farmácias e não precisam de receita, são eles maca peruana, tribulus terrestris e ashwagandha.

 A técnica do disfarce.

plus-size-homem-estiloso

Gente, a região do peitoral é a mais difícil de se definir com exercícios ou alimentação. É a última a melhorar. Por isso, até que ela fique 100% vamos disfarçar a região, usando roupas escuras, sem bolsos ou detalhes na região do peito.

Peças muito apertadas acentuam não só a região como também outras imperfeições. Roupas claras também podem deixar a região mais à mostra.

Uma técnica que dá para ser usada no inverno, principalmente, é colocar uma segunda pele ou uma camiseta branca abaixo das outras peças que disfarça também a tetinha masculina.

Além disso, a terceira peça também é sempre uma boa escolha, como blazer, camisa sobreposta, etc.

plus size men

Vocês viram como os métodos são simples e fáceis? Nada extraordinário e que dá para fazer tudo em casa ou na academia. Não exige grandes esforços assim.

Um peitoral bonito. Hummm! Vocês não imaginam o estrago que pode fazer na vida de um cara que é complexado com isso. Eleva demais e autoestima e transforma a vida da pessoa.

E aí curtiram as dicas?






Comente com o seu perfil do Facebook:

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.