Cinto Masculino: Dicas de como usar

Tá aí um acessório de moda masculina que gera um ponto de interrogação e dá nó na cabeça do pessoal na hora h. Depende da formalidade e da ocasião, é mais que necessário prestar atenção no cinto.

É preciso combinar cor, material, qual a espessura? São questionamentos que deixam a galera bem em dúvida, mas calma não vamos nos embolar com isso.

É simples, fácil e você verá a seguir, topa continuar aqui? Então, vem comigo.

Cinto combina com o quê?

Acho que todo mundo já ouviu aquela velha regra: combine o cinto com o sapato, SEMPRE.

Essa regra é verdade? É sim, mas ela não é absoluta, tá ok. E nós vamos lhes explicar o porquê.

Cara vai sair de social, tem que combinar mesmo. Sapato, cinto e pulseira do relógio (caso seja de couro).

Regra: Preto só combina com preto. Marrom como existem várias tonalidades, dá usar o sapato marrom com uma tonalidade diferente do cinto. Mas ambos serão marrom. O visual da alfaiataria é o único que requer combinações.

Preto com marrom não combinam.

Saíram da alfaiataria e partiram para o casual. Acredito que aqui ninguém tenha dúvidas, mas para frisar bem. Sejam livres. Ninguém vai combinar dockside, mocassim ou tênis com cinto. Dá para ousar na cor, no material e na espessura.

Devo me preocupar com o material?

Mas é claro fio. Cada material serve para uma ocasião. Look social, por exemplo, requer cinto de couro e deve, ainda, combinar ou seguir a tonalidade do sapato (já até falamos disso).

Bora se ligar nos diferentes tipos de cintos e com quais ocasiões eles casam.

Cinto social

O cinto social é mais fininho (por ora, está usando assim na moda) e possui uma fivela de metal.
Esse cinto casa bem com alfaiataria, costume ou terno. Regra só sai junto com sapato social (Oxford, brogues etc).

Cinto de couro trançado

Anda bem em desuso e fora de moda, mas como existe, né, devemos apontá-lo. Embora, o material seja couro, esse tipo de cinto é mais casual.

Logo, ele não combina com social, porém combina com tudo quanto é peça casual, como looks com sapatos menos sociais (mocassins, loafers, por exemplo), jeans, camisas e camisetas.

Ele é bem indicado para quem quer montar um visual mais esporte fino.

Cinto de couro casual

Veja só que ele é de couro também como os demais, ou seja, o material é nobre. Mas aqui o couro é tratado de uma forma diferente e, por isso, ele fica mais rústico. As peças são mais largas e a fivela também é maior. Totalmente indicado para uma pegada de street style. Nunca entra em ocasiões que peçam um mínimo de formalidade.

Cinto de lona

Item brega até ontem, mas que voltou com essa febre de anos 90 e 2000. Super indicado para ocasiões bem informais, com uma pegada de street style moderna. Dependendo do evento e do horário, ou seja, durante o dia e eventos ao ar livre, pode ser usado com peças mais sociais, como sarja e algodão.

Enjoei de cinto, nem quero usar!

Cara, essa tendência ganhou força nos últimos anos e tá tudo bem se você não quiser usar cinto. Tá na moda sair sem cinto até mesmo na alfaiataria. Fica bacana demais né, mas é moderno. É para quem curte algo mais diferenciado.

Reparem que a intenção é mostrar que está sem cinto, então a camisa/camiseta deve estar por dentro da calça. Dá para trocar o cinto por cadarço ou cordão de barbante, tudo isso são modernidades do dia a dia e tão possíveis quanto ir sem cinto.

E aí, todos prontos para usar cinto? Se tiverem mais alguma dúvida podem nos mandar.

Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.
Post criado 517

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
A importância do Setembro Amarelo O Pop-Punk está voltando à moda! PEÇAS QUE AS MULHERES ODEIAM NOS HOMENS Old Money: A estética ‘Rico Vintage’ Truques de estilo para homens gordinhos