A evolução da Underwear masculina e sua relação com o homem de hoje

Cuecas estampadas, cuecas jeans, cuecas com bolsos, recortes e até lingerie masculino são temas hoje bem recorrentes na moda e que ganharam espaço no underwear masculino de uma hora para outra. Já parou para pensar o porquê disso? Desde quando existe cueca e de onde elas vieram? Qual sua importância na moda hoje e para onde elas tendem a ir? Veja nesse post um resumo da evolução dessa peça que ainda hoje é símbolo da sexualidade masculina e como a própria imagem do homem ao longo da história a modificou.

Aevolução daquilo que hoje chamamos de Underwear não têm tantos precursores como outras peças do universo masculino. A cueca como elemento importante na vestimenta só passou mesmo a ser uma idéia vigente à partir dos anos 70, quando o corpo passou a ser adotado como símbolo sexual jovem, e aí então as cuecas entraram em ação.

A “roupa de baixo”, no entanto, teve uma evolução lenta e visada muito mais na funcionalidade que no design. No século XIV, quando a cueca ainda não existia, eram usadas roupas de baixo, chamadas union suits feitas de linho por serem fáceis de lavar. Até a revolução industrial, as peças demoravam até três dias para serem confeccionados manualmente e possuía duas aberturas: uma na parte da frente e outra na parte de trás, com botões. (veja abaixo) Durante a Primeira Grande Guerra, as union suits, que iam dos tornozelos aos pulsos, ganharam versões mais práticas que se assemelham a bermudões separados da camisa. Elas fizeram sucesso e os soldados passaram a usar quando voltaram da guerra, influenciando toda a indústria.

Dos anos 1920 aos 1940 o que vimos, é a peça mudando e se adaptando à estética masculina. Ao contrário da underwear feminina, a cueca foi mudando visando sempre o conforto e a praticidade do homem. Nos anos 30 o modelo Slip (mais comum hoje em dia) foi criado por Jockey Breif e conhecido Slip Jockey, em menção. Na mesma década em que o elástico foi usado pela primeira vez no cós, o que representou um grande avanço tecnológico (o uso de botões devia mesmo ser incômodo), na década seguinte, devido à escassez de elástico durante a segunda guerra, as peças voltaram a ter botões.

A década de 50 trouxe mais inovação e tecnologia, não só na matéria prima (tanto tecidos artificiais quanto sintéticos com tratamentos foram inseridos, e o algodão abriu espaço para o Náilon), mas nas opções: foi nessa época que as primeiras empresas passaram a estampar e tingir as cuecas, o que começou a ser o reflexo de uma geração de jovens que posteriormente seria prioridade no mercado. A gente pode usar o exemplo de James Dean, que foi símbolo jovem e usava pela primeira vez a t-shirt branca que, até então, também era “roupa de baixo”. Com a quebra do conservadorismo e a valorização do corpo nos anos entre os anos 1970 e 1980, a imagem do homem provedor da família foi substituída pelo homem jovem, despreocupado e descontraído, e isso refletiu na cueca, que ganhou um papel importante, principalmente no modelo slip cavado. A samba-canção foi associado a “cueca de avô”, e isso perdurou até o final dos anos 2000.

Curiosidades:
  • O costume de colocar nome da marca no elástico da cueca, muito comum, começou em 1947, pela empresa Jockey que adotou o slogan “Procure pela marca na faixa
  • O vermelho tem um significado importante no underwear (masculino e feminino), pois era uma cor usada para mostrar os avanços tecnológicos como a fixação da cor, forte tingimento, etc. Hoje as pessoas associam à paixão.
  • A primeira campanha da Calvin Klein, que acabou virando referência no mercado de underwear foi em 1986, com um outdoor em plena Times Square, do atleta Tom Hintnau vestindo apenas a cueca da marca. Criou polêmica, anunciando um novo papel da peça na moda e virou referência até hoje (muitas marcas passaram a usar atletas em suas campanhas posteriormente, até hoje)


Com a imagem do novo homem do século XXI, preocupado com a estética, moda e conforto, não é surpresa que a cueca entraria em um novo contexto, ganhando sua importância na hora de compor um look. A cueca ganhou status de artigo fashion e diversas variações de modelos, para diferentes públicos. A Zorba, referência no Brasil, lançou em 2009 quatro novos modelos. Um deles com elástico mais largo para ser exibido fora da calça. Outro dia, anunciamos a cuelcinha e a cueca jeans. É um exemplo de que, sim, as cuecas mudaram!

No Brasil, apesar do crescimento tímido, os homens estão mais seletivos na hora de escolherem a peça. Para Hugo de Carvalho, proprietário da marca Kevland, elas passaram a representar quase uma segunda identidade do homem. “Ela diz sobre o estilo, personalidade e maneira de ser de cada um”, completa. Afirma também que o homem brasileiro só não se arrisca mais porque o mercado nacional ficou estagnado devido à falta de ousadia das empresas e da concorrência acirrada com o produto chinês. Segundo Hugo, modelos desse tipo já são comuns na Europa, e a tendência é que o mercado nacional cresça. Mostre para o seu avô e provavelmente ele vai achar “ousado”, mas não há como negar que as estampas são divertidas e escolhidas para cada estilo de homem. Sem dúvidas, a sensação é de estar bem vestido.

As cuecas evoluíram e, como você pode ver, hoje o que não faltam são opções. As tecnologias têxteis possibilitam um produto de qualidade, barato, que se adéque ao seu corpo dando a sensação de maciez, toque suave e elasticidade na medida certa. Desde os anos 80, elementos simbólicos foram introduzidos no underwear, que passa a ser visto hoje com item de design de moda que tende a acompanhar a essa nova preocupação do homem: de estar na moda pra si mesmo.

Dhyogo Oliveira

Blogueiro e designer de moda. Também escreve no Sem Geração.

Deixe seu comentário:

Veja Comentários

    • Caro Pablo,
      Muito Obrigado pelo seu comentário, fico feliz em saber que nosso produto atinge seu objetivo que é encantar nossos clientes. Nossa sede fica em SC, e para algumas regiões do Pais o frete realmente não é barato. Usamos tabela dos Correios e não temos como alterar os preços de envio no momento. Um outro fator que gera seu comentário sobre o preço do frete é o fato de nossas peças terem um preço muito bom, o que na comparação com o frete gera a sensação de frete alto, mas na realidade nossas peças tem preço bem abaixo do mercado como um todo. Fazendo as contas a compra em nosso site é vantajosa em sentido financeiro também, principalmente se você compra mais de uma peça.

      Muito obrigado por escolher a KEVLAND,

      Um forte abraço,

      Hugo de Carvalho

  • Aw, this was a really good post. Finding the time and actual effort to create
    a good article… but what can I say… I put
    things off a whole lot and don't seem to get anything done.

  • I was recommended this website through my cousin. I'm
    no longer positive whether this post is written by means
    of him as nobody else recognise such certain about my difficulty.
    You are incredible! Thank you!

  • As atuais boxer simplesmente horríveis
    Cada dia o homem vem perdendo a sensualidade com essas cuecas e sungas cada vez mais largas
    As sungas nem se fale... A. Impressão que dá que o homem tem uma faixa de pedestre no meio do corpo. Medonho a marca que a sunga larga deixa no corpo.
    Mas enfim... Cada um com seu gosto

Posts recentes

Como se vestir bem no trabalho

Se tem um lugar que a gente quer mandar bem no estilo, certamente é no…

% dias atrás

5 Perfumes Masculinos com Feromônios!

Sabia que existem perfumes masculinos com feromônios? Os feromônios, para quem não está familiarizado com…

% dias atrás

Sobretudo Masculino: 5 Dicas Para Você Usar Nesse Inverno

O inverno por si só é a estação da elegância. Não à toa admiramos tanto…

% dias atrás

A Calça Jeans ideal para cada tipo de corpo

O universo do jeans masculino atualmente é bem vasto. Você pode até amar um jeans skinny, mas se você…

% dias atrás

Reformulação e descontinuação de perfumes

Tá aí um assunto que pouca gente aborda, mas que muitos já passaram na vida.…

% dias atrás

Bota Masculina: Conheça os principais modelos e seus nomes

As botas estão em alta na moda masculina, principalmente durante o inverno. Como você já…

% dias atrás