Lei Aurea

Em 2011 fizemos um post sobre o caso da descoberta do uso de mão de obra análoga à escravidão pela ZARA, lembra? E não é que eles não aprenderam e continuam cometendo irregularidades na sua produção aqui no país?

De acordo com a superintendência do órgão federal em São Paulo, uma auditoria com 67 fornecedores da marca mostrou 433 irregularidades em todo o país, como excesso da jornada de trabalho, atraso nos pagamentos, aumento dos acidentes, trabalho infantil, além de discriminação pela exclusão de imigrantes da produção, o que pode resultar em multa de mais de R$ 25 milhões.

A Lei Áurea não se aplica à moda?

Para conferir a matéria completa da investigação, clique aqui.

Lei Áurea mandou abraços.

Escrito por Guilherme Cury
30 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.