Minha colaboradora fez esse post no Smartgirls e achei interessante replicar por aqui:

Blogar, blogar, blogar… você que está lendo esse post, como está sentado? Quase deitado de ladinho, com as pernas cruzadas… É muito comum ver as pessoas sentadas de frente ao computador de forma incorreta. O pior é que muitas vezes sabemos que estamos sentados erradamente, mas porque isso acontece? O vício da postura incorreta pode começar muito cedo em nossas vidas, desde a pré-escola, por exemplo, onde temos a primeira experiência de ficar sentado 5 a 6 horas por dia. Claro que nessa idade, nosso corpo não consegue ficar parado por muito tempo, sendo criança não preciso explicar muito o porquê né? Geralmente crianças são hiperativas.

Na adolescência temos um controle maior sobre essa hiperatividade que falamos acima, nessa fase já sabemos o que é ficar quieto em uma prova por exemplo. É justamente na adolescência que temos que tomar cuidado com a postura, porque o corpo está em fase de desenvolvimento.

Quem não cuida da postura pode até ficar corcunda, com dores na barriga e em todo o corpo. Nas costas é o mais comum… Quem nunca reclamou de dor nas costas?

Dores nessa região é sinal de postura incorreta!

#quemnunca?

Faça alongamentos

Você quer saber se o seu corpo está ou não com vício de postura errada?

É SIMPLES…

Siga as dicas acima e tente sentar-se corretamente. Se você conseguir se sentar por no mínimo uma hora e não sentir desconforto, PARABÉNS! Parece que você está com a postura em dia. Mas se em alguns minutos você sentir dores musculares por conta da postura correta, isso é um sinal de que você precisa reeducar sua postura.

COMO?

Aprender a sentar se corretamente é como malhar na academia pela primeira vez, nosso corpo está confortavelmente sedentário, na primeira semana você sentirá dores musculares ou alguns incômodos, mas depois acostuma.

Blogueiros(as) e leitores(as) tentem sentar corretamente todos os dias e depois me falem como foi sair da zona de conforto.

Por hoje é isso, espero que vocês tenham gostado do post, lembrando que eu não sou especialista, mas o que escrevi é tudo o que já me ensinaram e o que já li e pesquisei na internet sobre o assunto.

Para descontrair, uma tirinha do Face…

Fica a dica!






Escrito por Andressa Roeder