Você gosta de sauna? E você sabe quais são as diferenças de cada tipo de sauna para a saúde?

SAUNA SECA

Também chamada de “Finlandesa”, essa sauna é a mais frequente no sul do Brasil por ter origem européia. Suas salas são revestidas de madeira e dependem de um gerador de calor para funcionar, normalmente com lenha e/ou carvão.

Sua temperatura é normalmente de 80º e pode ultrapassar a 100º.

Função: Ela proporciona o aumento da transpiração com eliminação de toxinas, acelera o metabolismo com incentivo a queima de calorias.  Além disso, tem efeito vaso-dilatador, o que melhora a circulação.

Indicação: Casos de obesidade, doença reumática e articular em geral, doenças circulatória e muscular.

SAUNA ÚMIDA

As saunas úmidas funcionam a vapor e também são conhecidas como “Banho Turco”. É a sauna mais usada no Brasil e tem sua sala revestida normalmente de alguma material cerâmico. Nesse caso, a sauna precisa transformar a água em vapor, então ela funciona com geradores elétricos ou a gás. Sua temperatura atinge normalmente 40º a 50º.

Função: Auxilia na limpeza das vias respiratórias, principalmente se for associada ao uso de eucalipto, pinho, capim cidreira, hortelã e outras plantas que contenham essências voláteis que ajudam a fluidificar o muco e secreções respiratórias acumuladas promovendo expectoração e proteção da mucosa.

Indicação: Doenças respiratórias da garganta e das mucosas.

Em Comum: Ambas representam um importante meio hidroterápico para combater e prevenir as moléstias, mantendo a saúde em equilíbrio. Além do fato de que o calor elevado dilata os poros, produz suor intenso e continuo, com isso, as toxinas, assim como quaisquer outras substâncias perigosas, tais como excesso de sais, são expelidas, suavizando-se o organismo e criando, desse modo, melhores condições e funcionamento biológico.

Curiosidades: O banho frio após as saunas estabelece o processo de dilatação e contração sucessiva dos vasos, gerando equilíbrio do sistema nervoso autônomo. O organismo descongestionado ganha mais resistência à doenças e tem melhores condições de se curar. Habitualmente, uma sauna ou banho de vapor deve ser acompanhado por duchas frias e intervalos de descanso. O ideal é que sejam feitas três ou quatro sessões de permanência na sauna, intercaladas com uma ducha fria ou jato forte e rápido, seguindo-se um período de descanso de 15 a 20 minutos.

Fontes: mundo água e sauna jóia.






Escrito por Andressa Roeder